• 27/10/2020 22:58
Pandemia

375 médicos morreram vítimas da Covid-19 no Brasil, diz CFM

  • 27/10/2020 22:58
  • PorEstadão Conteúdo
    A intubação não é a primeira escolha dos médicos e é necessária quando o paciente tem insuficiência respiratória
    375 médicos morreram vítimas da Covid-19 desde o início da pandemia no Brasil| Foto: Bigstock

    Um levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM) apontou que 375 médicos morreram vítimas da Covid-19 desde o início da pandemia no Brasil. A entidade lançou ontem um memorial virtual para homenagear esses profissionais que morreram pela doença. Os dados sobre as mortes dos médicos foram obtidos com base em informações repassadas por Conselhos Regionais de Medicina, sindicatos médicos, sociedades de especialidades, secretarias estaduais e municipais de Saúde e casos divulgados pela imprensa. No País, há 523.528 registros ativos de médicos, de acordo com a entidade. Segundo o CFM, São Paulo foi o Estado que mais perdeu agentes para a Covid-19 - 58 profissionais. Na sequência estão Pará (51) e Rio (50). "Estar na linha de frente desde o início de uma doença desconhecida e com um contágio altamente complexo. A nossa decisão foi de fazer uma homenagem para aqueles que perdemos e para quem está na linha de frente, para os que estão conseguindo enfrentar essa situação", diz Helena Carneiro Leão, vice-corregedora do CFM. Segundo ela, o trabalho para levantar os óbitos teve início em maio e os dados foram relatados até a semana passada.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    Máximo 700 caracteres [0]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.