• 28/11/2020 10:21
Coronavírus

Ministério da Saúde não prevê vacinar toda a população contra Covid-19 em 2021

  • 28/11/2020 10:21
    • Estadão Conteúdo
    Estudos com a vacina haviam sido temporariamente interrompidos depois que um voluntário norte-americano teve reações graves
    Ministério da Saúde não prevê vacinar toda a população brasileira em 2021.| Foto: CDC/Pexels

    O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (27) que não prevê vacinar toda a população brasileira contra a Covid-19 em 2021. A pasta cita a dificuldade mundial de produção dos imunizantes e o fato de os testes não incluírem todos os públicos, como crianças e gestantes, o que impossibilitaria uma parte da aplicação. Para a pasta, a limitação não representará riscos para os brasileiros.

    "O fato de determinados grupos da população não serem imunizados não significa que não estarão seguros porque outros grupos que convivem com aqueles estarão imunizados e dessa forma não vão ter a possibilidade de se contaminar com a doença. É por esse motivo que não vacinamos toda a população, por exemplo, contra a influenza", explicou Elcio Franco, secretário-executivo do Ministério da Saúde.

    Ele citou ainda as limitações mundiais de produção. "Quando a gente fala em imunização, o mundo não entende que terá que ter vacina para todos. A própria Covax Facility, iniciativa que junta uma série de laboratórios, ela almeja acesso a 2 bilhões de doses para a vacinar todo o mundo, e por aí verificamos que é uma meta bastante ambiciosa porque não se imagina que haverá vacina para vacinar todos os cidadãos do planeta Terra."

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.