• 25/01/2021 19:29
Pedido da PGR

Lewandowski autoriza inquérito para apurar atuação de Pazuello na crise em Manaus

  • 25/01/2021 19:29
  • PorGazeta do Povo
    Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi cobrado pelo governador de São Paulo por causa da falta de investimento do governo federal na Coronavac, a vacina chinesa em desenvolvimento no Instituto Butantan.
    O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello| Foto: Carolina Antunes/PR

    O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski autorizou, nesta segunda-feira (25), a abertura de um inquérito para apurar a atuação do ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, na crise que colapsou o sistema de saúde de Manaus, no Amazonas, por causa da pandemia da Covid-19. "Assim, atendidos os pressupostos constitucionais, legais e regimentais, determino o encaminhamento destes autos à Polícia Federal para a instauração de inquérito, a ser concluído em 60 (sessenta) dias, conforme requerido pelo Procurador-Geral da República, ouvindo-se o Ministro de Estado da Saúde", diz o despacho.

    O procurador-geral da República, Augusto Aras, havia pedido a abertura desse inquérito no sábado (23). A intenção é determinar se houve omissão no enfrentamento da crise provocada pela falta de oxigênio para pacientes com Covid-19 em Manaus. Pazuello foi para Manaus na noite de sábado (23) e não tem "passagem de volta". O ministro deve ficar na região, que está sendo muito afetada pela pandemia.

    Neste mês, dezenas de pacientes morreram devido à falta de abastecimento do oxigênio medicinal na região, diante do aumento vertiginoso no número de casos e internações. A atuação do governo federal diante da crise é contestada.

    Tudo sobre:

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.