• 15/10/2019 14:22
Crise

PSL cancela reunião para “pacificar” o partido

  • 15/10/2019 14:22
  • PorOlavo Soares
  • Brasília
Jair Bolsonaro e Luciano Bivar, presidente do PSL,
Jair Bolsonaro e Luciano Bivar, presidente do PSL, em 2018, por ocasião do acerto da filiação.| Foto: Divulgação/PSL

O PSL cancelou a reunião de sua bancada de deputados federais que estava agendada para 14h desta terça-feira (15). A reunião havia sido marcada ontem e, por volta de 12h30 desta terça, confirmada pela assessoria do partido. O cancelamento foi anunciado às 13h40, e sem um motivo apresentado. A reunião tinha como objetivo tentar pacificar o PSL, em crise desde a divulgação de um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro criticou o partido e o comandante da legenda, o deputado Luciano Bivar (PE). Na segunda (14), membros da sigla tentaram acenar para um apaziguamento dos ânimos, mas a situação se reverteu após a operação deflagrada contra Bivar na manhã desta terça. O líder do partido na Câmara, Delegado Waldir (GO), disse à imprensa que esperava da Polícia Federal investigações também sobre o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República, e o motorista Fabrício Queiroz, acusado de corrupção.

Tudo sobre:

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.