Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

# Nos dois primeiros anos da Lava Jato, Lula não foi um alvo direto. Não houve operações especificamente contra ele. O ex-presidente "entrou de vez" na Operação em março de 2016.

***) Ao longo de 2014 e, principalmente, 2015, começaram a ser presas pessoas importantes na estrutura interna do PT e também dos anos de Governo Lula. Dá pra citar, por exemplo, o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto, detido na 12ª fase, deflagrada em abril de 2015

Também houve a prisão de José Dirceu, ministro-chefe da Casa Civil nos primeiros anos do Governo Lula. Ele, que já havia sido condenado no esquema do mensalão, viria a ser preso pela Lava Jato na 17ª fase, a Operação Pixuleco, deflagrada em agosto de 2015.

Lula entra de vez na Lava Jato

Na 24ª fase, denominada “Operação Alethea”, nome em referência a uma expressão grega que significa busca da verdade, o ex-presidente seria levado a depor coercitivamente.

Em um dos dias mais agitados (se não o mais agitado) da Lava Jato até então, pessoas contrárias e favoráveis a Lula chegaram a entrar em confronto, enquanto o ex-presidente prestava depoimento em uma sala do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

As conversas entre Lula e Dilma

Dias depois, aconteceria um dos fatos mais marcantes e controversos de Lula com a Lava Jato. Em 16 de março, em meio à enorme crise política, com o andamento do processo de impeachment no Congresso, a então presidente Dilma Rousseff anunciava a nomeação do ex-presidente da República para o cargo de ministro-chefe da Casa Civil.

Havia protestos nas ruas e clima de muita tensão em Brasília e em outras cidades do país. No mesmo dia 16 de março, no final da tarde, o então juiz Sergio Moro retirava o sigilo de interceptações telefônicas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As conversas gravadas pela Polícia Federal incluíam um diálogo com a presidente Dilma Rousseff.

Este episódio do podcast 15 Minutos relembra as investigações, denúncia, depoimentos, prisão e soltura do ex-presidente Lula durante os sete anos da Operação Lava Jato.

***
O podcast 15 minutos é um espaço para discussão de assuntos importantes, sempre com análise e a participação da equipe de jornalistas da Gazeta do Povo. De segunda a sexta, de forma leve e dinâmica, com a duração que cabe na correria do seu dia. Apresentação é do jornalista Márcio Miranda. O programa é publicado no Spotify, Google Podcast, Deezer e no iTunes.

***
Ficha técnica: ‘15 minutos’, podcast de notícias da Gazeta do Povo #Apresentação e roteiro: Márcio Miranda; direção de conteúdo: Rodrigo Fernandes; equipe de produção: Jenifer Ribeiro, Maria Eduarda Scroccaro, e Durval Ramos; montagem: Leonardo Bechtloff; identidade visual: Gabriela Salazar; estratégia de distribuição: Marcus Ayres.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]