Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

concurso

Quais são as 7 Maravilhas de Curitiba?

Fotos escolhidas pelos internautas vão formar uma coleção de postais que será encartada nas páginas da Gazeta do Povo, a partir do aniversário da cidade

  • Larissa Jedyn
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Em comemoração aos 317 anos da capital, a Gazeta do Povo está realizando a eleição das 7 Mara­vilhas de Curitiba. A partir desta segunda-feira, o público poderá votar pela in­­ternet em um dos 20 retratos da cidade feitos pelos fotógrafos do jornal. As sete imagens mais votadas vão virar uma coleção de postais, que circulará no jornal entre os dias 29 de março e 4 de abril. Um suplemento especial, que sairá no domingo (28), contará os detalhes de cada uma das 7 Maravilhas escolhidas.

“Para o aniversário de Curitiba, o jornal pensou, neste ano, em contar com a participação efetiva da po­­pulação. Para isso, repassou aos curitibanos a tarefa de escolher quais imagens representam me­­lhor a capital. Afinal, não há ninguém melhor que os próprios cidadãos para decidir quais são os registros mais significativos da cidade”, diz Nelson Souza Filho, diretor de redação da Gazeta do Povo.

As 20 fotos selecionadas misturam, segundo o editor de fotografia João Bruschz, o olhar afetuoso do curitibano com a curiosidade de quem vê tudo pela primeira vez e o primor técnico. “O profissional da fotografia sempre busca olhar o cotidiano sob um novo ângulo. Se­­ja pelo ineditismo da imagem, para extrair alguma informação especial ou, simplesmente, pela estética”, comenta.

O resultado são imagens poéticas, curiosas e, muitas vezes, en­­graçadas que revelam uma Curi­tiba de detalhes, de intervalos e de anônimos. Entre as fotografias, as polêmicas calçadas de petit pavê, os ipês floridos, as luzes do trânsito barulhento, o casario multicolorido da capital, os dias preguiçosos de chuva e as réstias de sol sobre gramados gelados. “Fugimos dos pontos turísticos, para olhar além. Olhar para o que está diante de todos, mas só fica registrado por meio da fotografia”, diz Bruschz, que fotografa há 33 anos – 22 deles para a Gazeta do Povo.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE