Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Os ministros Joelson Dias e Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinaram a suspensão da veiculação de duas inserções da propaganda eleitoral da candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT) contra o adversário tucano José Serra. Uma das inserções sugeria a existência de "caixa dois" na campanha de Serra e outra afirmava que ele teria abandonado a Prefeitura de São Paulo para ser governador.

Para o ministro Henrique Neves, os termos utilizados na segunda inserção são inadequados. "A crítica política ainda que ácida, não deve ser realizada em linguagem grosseira", concluiu o ministro. Na inserção, a coligação de Dilma afirmava "esse tal de Serra não trabalha para ninguém".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]