Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Casa deve ser preparada para receber cães e gatos

Saiba o que você deve levar em conta antes de levar um bichinho para casa

A casa é dos pets viver bem gazeta do povo2Silvia Fabris e sua filha Victoria têm três gatos e um lar adaptado: brinquedos e arranhadores ocupam bem o tempo dos felinos. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo

Preparar a casa para ter um cão ou gato exige atenção especial à segurança deles e também das coisas: cães tendem a roer objetos, gatos tendem a derrubá-los. O espaço destinado aos animais em casa deve ser seguro e sem acesso a qualquer coisa que possa causar intoxicação, como produtos de limpeza e medicamentos.

Outra necessidade são os cuidados com os fios elétricos e objetos que possam ser engolidos ou que possam se quebrar e cortar o pet. Soma-se ainda a necessidade da limpeza do local, cobertura, proteção da chuva e do frio e claro, uma cama, que deve ser colocada em um local com pouca perturbação e barulho. Manter água sempre fresca e disponibilizar sombras é fundamental, e destinar o local para o banheiro distante das áreas de alimentação e de descanso são algumas dicas de ouro. Veja as informações de Cecília Vargas da Costa, médica veterinária do Fofuras Pet Shop, Marúcia Cruz, médica veterinária da clínica Mania de Gato, e Paulo Parreira, professor do curso de Medicina Veterinária da PUCPR:

Telas básicas

Como é comum ocorrerem quedas de gatos de janelas altas, que muitas vezes resultam no óbito do bichano, e fugas para rua, que representam um grande risco para os animais, é bom cuidar com as janelas de apartamentos, uma dica válida também para cães: elas devem ser teladas e as telas devem ser checadas periodicamente.

No apartamento da fotógrafa Silvia Fabris e de sua filha Victoria Fabris Chica, de 4 anos, no Bigorrilho, em Curitiba, moram três gatos: Luke e Logan, 3 anos e Shiva, de 12 anos. O lar deles é adaptado, o que os deixa muito calmos, brincalhões e saudáveis. Brinquedos e arranhadores ocupam bem o tempo dos felinos, a exemplo de um supergrande na sala, que ajuda os bichanos a terem acesso ao topo da estante. Como gatos amam altura, eles adoram ficar lá!

O apartamento também tem um jardim, com grama que eles adoram comer e que ajuda no trânsito intestinal dos bichanos. As janelas do apartamento, inclusive as dos banheiros (ponto importante!), são teladas para a segurança dos gatos.

Corrida garantida

A casa é dos pets viver bem gazeta do povo

Maristelle Bassani é dona de seis whippets, que ficam em um deck para banhos de sol e têm sempre muitas roupas, cobertas, e até mesmo aquecedores à disposição. Foto: Fernando Zequinão/Gazeta do Povo

Na casa da chef de cozinha e protetora de animais Maristelle Bassani, dona de seis whippets, um tipo de cão galgo, que gosta de correr, o quintal é o melhor lugar para eles ficarem. Como sentem muito frio, a casa dos animais foi construída com madeira naval, isolamento térmico, e a dona dos bichinhos disponibiliza sempre muitas roupas, cobertas, e até mesmo aquecedores.

LEIA TAMBÉM

16 plantas que intoxicam bichos

Quando os vômitos em pets preocupam

Saiba quem foi o gato campeão no evento em Curitiba

A casa é cercada e os animais possuem, inclusive, um deck para banhos de sol, e gramados que permitem a diversão. Também têm obstáculos, que incentivam exercícios físicos. Whippets saltam até 2,5 metros, o muro teve de ser construído alto.

Tem gato aqui

Personalizado e seguro

– Crie um ambiente seguro. Se viver em apartamento, independentemente do andar, instale redes de proteção em todas as janelas, inclusive em banheiros e modelos de esquadrias basculantes, além de sacadas e varandas. Busque por empresas especializadas e fabricantes que sigam as recomendações da norma 16046 da ABNT, que regulamenta a questão das redes de proteção para edificações.

– Providencie uma caixa de areia com dimensões razoáveis e a mantenha longe dos potes de ração e água. Gatos não gostam de comer no mesmo espaço onde fazem suas necessidades. Tenha uma pá e um lixo especial para recolher e urina e fezes do bichano e proceda com a limpeza da caixa sempre que ela for utilizada.

– Invista em arranhadores se não quiser que o gatinho destrua o sofá e outros móveis revestidos com tecido. Gatos precisam afiar as unhas todos os dias e o mercado pet oferece inúmeros modelos pensados especialmente para os felinos. Com o tempo você descobrirá qual agrada mais o animal.

– Gatos adoram viver nas alturas. Você pode instalar prateleiras nas paredes ou até mesmo nichos planejados, em diferentes alturas. Gatos são extremamente ágeis e gostam de saltar de um local para outro.

– Tudo dentro de casa vira motivo para a diversão dos bichanos. Quando filhotes, costumam não ter limites para brincar. Assim, tenha cuidados redobrados com artigos de decoração, roupas e móveis. De início, vale até tirar certos objetos de vista.

– Equipe a casa com uma fonte de água, pois felinos costumam adorar água corrente. Isso também os estimula a ingerir cada vez mais, o que é ótimo para a saúde.

– Reserve um cantinho da casa para um vaso com grama plantada (opte por aquelas comercializadas em petshops), pois gatos adoram mastigar um “verdinho”.

Cães à vista

Que vivem em casa

– Antes de adquiri-lo, verifique se o espaço destinado para seu novo amigo é suficiente para que ele tenha uma vida saudável e sem tédio.

– Certifique-se de reservar espaços para os locais onde ficarão a casa, a comida e água, e onde o seu cão poderá fazer suas necessidades.

– Adquira uma casinha compatível ao tamanho do cachorro, ou substitua se necessário, conforme o crescimento do animal.

– O piso antiderrapante é o ideal. Pisos escorregadios exigem mais das articulações do cão, principalmente os grandes, e podem ocasionar quedas. Quando o animal fica sozinho em casa, isso pode ser um agravante, já que o socorro pode demorar a chegar.

– Coloque placas que orientem visitantes e trabalhadores sobre a existência de um cão grande no terreno. Isso pode evitar acidentes e consequências desagradáveis.

– Deixe seu cão em local que seja arejado e tenha iluminação natural. Isso também contribui com a saúde e bem-estar do seu companheiro.

Que vivem em apartamento

– Quem vive em apartamento geralmente opta por raças menores. Mas se você quer ter um cachorro grande, o espaço também deve ser o mais compatível possível.

Janela deve sempre ser protegida por tela. Soma-se a isso não deixar objetos próximos à janela que possam ser usados pelo cão para escalar e pular.

– Nunca deixe seu cão preso sozinho em uma varanda por muito tempo enquanto estiver fora. O espaço restrito causa estresse e o animal pode se ferir.

 

 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário