Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Periodontite atinge 90% dos pets adultos; veja como prevenir a doença

Negligenciada por muitos tutores, escovação dos dentes é essencial para evitar doenças graves

Foto: Bigstock.

Ter um animal de estimação demanda cuidado, atenção e muito amor. Para que ele tenha um dia a dia saudável, manter a higiene bucal é tão importante quanto cuidar de todos os outros aspectos da saúde do bichinho.

De acordo com Maria Izabel Ribas Valduga, proprietária e diretora da Clínica Odontocão e mestre em Ciências Veterinárias, a higiene bucal adequada é a melhor forma de prevenir problemas orais nos pets, especialmente a periodontite, que atinge mais de 90% dos cães e gatos adultos. “É uma doença perigosa, mas que pode ser evitada com hábitos simples, como a escovação dental e o acompanhamento regular pelo dentista veterinário”, conta a especialista.

>> Por que adotar um vira-latas? Luisa Mell se emociona ao responder à pergunta 

A recomendação é que a higiene oral seja feita uma vez por dia, em casa, a partir dos 4 meses de idade.

Perda dos dentes

Os problemas causados pela falta de higiene oral são conhecidos também por nós, os donos. Entre os mais comuns, estão o crescimento da placa bacteriana, a inflamação gengival, o mau hálito e a perda dentária. “Além de prejudicar a saúde oral de forma local, o descuido pode causar sinusite, abcessos, fístulas na pele, problemas oftálmicos e afetar órgãos vitais como coração, fígado, rins, articulações, pulmões e cérebro”, explica Maria Izabel.

Precisa de dentista?

Com uma rotina de cuidados diários, o indicado é que animais frequentem um dentista preferencialmente uma vez ao ano. Neste momento é feito o exame oral e são passadas orientações sobre cuidados a serem realizados em casa.

Bafo é sinal de problemas?

Foto: Akshay Madan / Unsplash

Sim! De acordo com Maria Izabel, o bafo é um indicativo de que há algo de errado. “Geralmente, se tem ‘bafão’, tem infecção”. Antes que o problema evolua, o indicado é ir em busca de um dentista veterinário.

Passo a passo para escovar em casa

Para começar, nada de usar produtos humanos, mesmo os infantis – eles podem fazer muito mal para os animais de estimação e causar problemas como gastrite e intoxicação.

A higiene pode ser feita com produtos veterinários, com o uso de uma escova de cabeça pequena e cerdas bem macias. “Para iniciar, podemos utilizar uma gaze enrolada ao dedo ou uma dedeira de silicone, para condicionar o animal de forma progressiva”, indica Maria Izabel Ribas Valduga, proprietária e diretora da Clínica Odontocão.

>> Pets também precisam de check-up; veja quais são os exames e vacinas necessários 

Apesar de não ser o processo mais fácil, a escovação ainda é a ação mais efetiva. Além dela, existem diversos produtos que contribuem com a higiene oral, como soluções que podem ser misturadas na água de beber, gel para gengiva, biscoitos e brinquedos.

O primeiro passo é escolher um sabor que agrade o seu pet. Sem forçar, com carinho e cuidado, encontre uma posição confortável para ambos e faça o procedimento. Antes de iniciar a higiene em casa, é importante que o animal seja analisado por um dentista veterinário, que poderá informar se já existe alguma doença oral instalada, o que pode causar desconforto e dor no processo, gerando um trauma.

“Casos como gengivite, mobilidade dentária, raízes expostas, dentes fraturados, cáries e lesão de reabsorção dental devem ser tratados antes e, na sequencia, se inicia a higiene de manutenção oral”, explica a especialista.

Prevenção

A alimentação é um fator importante para a saúde bucal dos animais. Açúcares, gorduras e molhos estão na lista de comidas prejudiciais para toda a saúde dos bichinhos, incluindo a bucal. Alimentos secos e crocantes, por outro lado, são positivos.

LEIA TAMBÉM 

 

 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário