Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Confira qual é a atividade física mais indicada ao seu cãozinho

Prática de atividades específicas tem vantagem como o controle da ansiedade e da agressividade

Assim como para os seres humanos, os exercícios são fundamentais para a cachorrada. O controle da ansiedade e da agressividade são algumas das vantagens adquiridas com a prática de determinadas atividades. A ansiedade torna a vida do cão entediante e os fazem comer mais, resultando em problemas como a obesidade.

O exercício ideal pode variar de acordo com a raça e porte do animal. Labradores podem fazer natação, e ao grupo dos pastores é recomendado se movimentar para não desenvolver barriga. Inclusive cães pequenos criados em apartamentos devem se exercitar. Aguinaldo Diniz, treinador de cães e responsável por adestramentos profissionais na Adestramento Curitiba, repassa dicas e informações importantes sobre o tema:

Existem muitos esportes com cães que beneficiam a prática conjunta de exercícios. Uma destas modalidades é conhecida como IPO (Internationale Prüfung Ordnung – Regulamento de Prova Internacional), que favorece o animal a ter o comportamento correto. Trata-se de uma prova triátlon envolvendo faro, obediência e proteção. A técnica não estimula a agressividade, mas sim o controle, a exemplo do que ocorre nas artes marciais na preparação para os Jogos Olímpicos.

LEIA TAMBÉM:

<<<De táxi a lavanderia, conheça os serviços especiais para pets>>>

<<<12 produtos importados que seu pet deve ter>>>

<<<Morre a última cachorra que ajudou no resgate das vítimas do 11 de Setembro>>>

É importante frisar que o cão atleta é diferente daquele que vive em apartamento. Os que vivem em centros de adestramento e são treinados para competições diariamente não têm as mesmas necessidades de um cão que vive trancado em um apartamento.

Outra questão essencial envolve a atrofia muscular, que pode ocorrer quando o dono não cobra certas mudanças de exercícios. No centro de adestramento os proprietários dos animais são ensinados a administrar corretamente a ração, o que evita o sedentarismo e por consequência a obesidade.

Adestramento correto

Um adestramento sem choques, sem traumas e sem abusos físicos contribui para a saúde do cão. Normalmente, quando a comunicação não é correta o cão sofre. Pesquisas confirmam que o cão aprende melhor e mais rápido e em definitivo quando é respeitado, tratado com carinho e com motivação.

Qualidade de vida

Estímulos físicos e mentais adequados permitem que os animais ganhem qualidade de vida e ajudam a prevenir doenças. O ideal é inserir cães e gatos desde cedo em um programa de condicionamento físico. A prática diária de atividades leves, como caminhadas e corridas por cerca de uma hora diminuem a agitação do animal.

Antes de começar

Não esqueça de que antes de qualquer exercício físico é importante que o pet esteja bem alimentado e hidratado, permitindo que as atividades físicas rendam mais. Endocrinologistas veterinários também recomendam a prática de exercícios com o objetivo de auxiliar na prevenção de doenças hormonais que afetam cães e gatos, como o hipertireoidismo, diabetes mellitus e obesidade.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário