Será amarela? Bolsonaro usará terno azul marinho e gravata ‘surpresa’ na posse

O terno será um presente do amigo da época de Exército Maxuel Gerbatim, barbeiro que também foi nesta sexta à casa de Bolsonaro

Jair Bolsonaro em Curitiba. Foto: Gazeta do Povo

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), vestirá um terno azul marinho clássico e uma camisa branca na posse de sua candidatura, no dia 1 de janeiro, afirmou o alfaiate Santino Gonçalves.

Ele visitou o político na manhã desta sexta-feira (2) para tirar suas medidas. “É surpresa a gravata”, disse.

Bolsonaro visita o alfaiate que fará a roupa da posse. Foto: Reprodução.

O tecido, escolhido pelo político, será italiano, de 150 fios. Ele só provará a roupa quando tirar a bolsa de colostomia que carrega desde que levou uma facada durante ato de campanha em 6 de setembro, em Juiz de Fora (MG).

O terno será um presente do amigo da época de Exército Maxuel Gerbatim, barbeiro que também foi nesta sexta à casa de Bolsonaro, na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio), para cortar seu cabelo.

Ele contou que já atendeu o futuro presidente outras vezes em Madureira (zona norte) na época em que Bolsonaro era vereador (1989-1991) e depois deputado federal (1991-2018). Foi ele quem apresentou o alfaiate ao político.

 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário