Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Cinco hábitos diários que aumentam a longevidade

Para o pesquisador americano Dan Buettner, não é necessário grande sacrifício: pequenas mudanças podem garantir vida mais longa

Quem não se pergunta, quase que diariamente, como viver mais e melhor? O escritor americano Dan Buettner, que desde 1987 viaja de bicicleta para diversos países em busca da fórmula da longevidade, conta todos os segredos dos povos milenares no livro “The Blue Zones Solution: eating and living like the world’s healthiest people”, recém-lançado pela editora National Geographic (ainda sem previsão de lançamento no Brasil).

O livro, que tem como objetivo ajudar as pessoas a adquirir hábitos mais saudáveis, revela o mistério: é possível aumentar a qualidade de vida com pequenas mudanças no cotidiano. “O envelhecimento nos oferece duas opções: podemos viver uma vida mais curta, com mais anos de incapacidade. Ou podemos viver uma vida mais longa, com um menor número de anos ruins. A escolha depende de nós”, diz Buettner.

Que tal começar hoje? Selecionamos cinco práticas fáceis, mas que podem fazer a diferença:

1) Mova-se mais durante o dia

Precisa falar com um colega que trabalha em outra sessão? Deixe o telefone de lado e vá conversar pessoalmente. O importante é pensar mais em movimento do que no exercício físico propriamente dito, de acordo com o pesquisador. Além disso, a cada hora que você fica sentado, perde 22 minutos de vida.

2) More em um bairro de fácil locomoção

Segundo Buettner, morar em uma região que dá para caminhar tranquilamente nas ruas, andar de bicicleta ou pegar facilmente um ônibus aumenta em 30% a atividade física diária — e o hábito lhe proporciona uns anos a mais.

3) Vá de ônibus

As pessoas que usam o transporte coletivo para trabalhar têm uma média de 19 minutos a mais de atividade física por dia. Além disso, o trânsito caótico deixa o motorista estressado, e os que optam pelos ônibus têm 11% a menos de chance de desenvolver doenças cardíacas.

4) Pare de fumar

Não é novidade que o cigarro reduz — e muito! — o tempo e a qualidade de vida. Para o pesquisador, esta é a principal mudança para ter mais saúde. Não está convencido? De acordo com o matemático da Universidade de Cambridge David Spiegelhalter, fumar meio maço de cigarro faz você perder 300 minutos de tempo de vida.

5) Faça mudanças sutis na alimentação

Buettner sugere incluir na dieta uma xícara de grãos por dia — além, é claro, de ingerir verduras e outros alimentos saudáveis.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário