Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Maracujá, alface e espinafre: conheça a dieta para parar de fumar

Inclua alimentos anti-estresse e antiansiedade nas refeições, em dois cardápios especiais para quem quer parar de fumar

Junk food não ajuda a parar de fumar: segredo está em vegetais anti-estresse e em sabores que se contraponham ao do cigarro. Foto: Bigstock.Junk food não ajuda a parar de fumar: segredo está em vegetais anti-estresse e em sabores que se contraponham ao do cigarro. Foto: Bigstock.

Existem gomas de mascar, adesivos e medicamentos que ajudam os fumantes a largarem o vício, mas poucos conhecem os benefícios de uma dieta antitabagismo.

Incluir nas refeições diárias alimentos que combatem a ansiedade e o estresse, como maracujá, alface e espinafre, que sejam antioxidantes e que mostrem como o paladar mudou podem ajudar, quem estiver disposto, a parar de fumar.

 

O cigarro, depois de um tempo, torna-se uma espécie de “muleta” contra a ansiedade para o fumante. Foi esta ideia que a nutricionista Cintya Bassi teve em mente quando desenvolveu cardápios diferentes com o propósito de mudar essa realidade.

“Priorizei  alimentos com propriedades calmantes, como melissa, camomila, maracujá, alface e espinafre. Também inclui alimentos ricos em vitamina A e C, pelas propriedades antioxidantes, porque o fumante tem uma grande quantidade de radicais livres devido ao cigarro, que aceleram o envelhecimento”, explica Cintya.

Paladar modificado

Fumantes tendem a não gostar de tomar leite ou comer queijos depois de fumar, pois o paladar muda e esses alimentos não ficam tão atraentes.

>> Azia e a queimação no estômago: quando é motivo para endoscopia

“Laranja, manga, alimentos com vitaminas do complexo B e C são também importantes para a regulação do humor, como linhaça, integrais, chocolate 70% cacau, brócolis e abobrinha”, diz.

Chás a favor do metabolismo

Quando o fumante abandona o cigarro, o metabolismo tende a reduzir – uma das razões porque muitos ex-fumantes engordam. Para acelerá-lo novamente, os chás verde e preto são boas opções.

Kit fissura
Em momentos críticos, substitua o cigarro por lascas de casca de laranja seca, uva seca, sementes de abóbora ou masque cravo e canela em ramo. O gosto forte desses alimentos não combina com o tabaco.

CARDÁPIOS

Veja algumas combinações para combater a vontade de fumar:

Opção 1

Café da manhã: Pão francês integral (1 unid); Patê de ricota ( 1 col sopa); Suco de uva integral (1 copo); Melão (1fatia fina);

Almoço: Salada de cenoura ralada (1 pires); Azeite (1 colher de chá); Arroz  integral (3 col. de sopa); Feijão (2 colheres de sopa); Couve refogada(3 col. de sopa); Filé de frango grelhado (1 unidade); Laranja (1 unid. Média).

Jantar: Salada de tomate  (1 pires); Limão (1 colher de chá); Arroz integral (2 col. de sopa); Lentilha (2 col. de sopa); Almôndega de carne assada (2 unid); Chocolate 70% cacau (1 barrra 50g).

Ceia: Chá verde (1 xícara de chá).

>> Coceira insuportável afeta também o emocional; saiba os sintomas da dermatite atópica

Opção 2

Café da manhã: Torrada integral (3 unid.); Margarina (1 col. sopa); Vitamina de frutas com aveia ( 1 copo.).

Almoço: Salada de alface (1 pires); Azeite (1 colher de chá); Arroz integral (3 col. de sopa); Feijão (2 col. de sopa); Carne assada (1 fatia média); Brócolis  refogado (1/2 xíc. de  chá); Romã (1 fatia média).

Jantar: Salada de agrião com milho (1pires); Limão (1 colher de chá); Arroz integral (3 col de sopa); Salmão grelhado (1 filé médio); espinafre refogado (1 xíc. chá); Caqui (1 unid. média).

 Ceia: Chá de melissa.

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário