Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Erros posturais causam doenças nos ombros

Tendinopatia do manguito rotador e instabilidade do ombro são os mais comuns problemas de causa funcional

ombros tendinite viver bem

Não apenas joelhos figuram entre as estruturas de articulação mais atingidas por traumas e doenças que aparecem nos consultórios de ortopedia e em hospitais. Na mesma proporção, os ombros também sofrem com eventos de natureza ora traumática, ora por causa funcional.

Os traumas nos ombros ocorrem quando a pessoa sofre um acidente causado por agente externo, quando a pessoa cai, escorrega, é atingida por alguém ou algo. Os mais comuns a chegarem aos hospitais são as quedas, que podem ocorrer dentro ou fora de casa. Após o tratamento e a cura esses traumas não voltam a acontecer. Porém, quando a causa é funcional, ou seja, por esforços repetitivos ou por postura errada, mesmo após o tratamento, se a pessoa mantiver os movimentos errados, a doença pode recidivar. Saiba mais sobre elas com informações de Lúcio Ernlund, diretor médico do Instituto de Joelho e Ombro (IJO) e presidente da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia do Esporte:

Repetição e erro

Danos de causa funcional provém de esforço repetitivo ou postura errada que leva a uma patologia. Por exemplo, uma tendinopatia do manguito rotador (termo leigo: tendinite do ombro,) ocorrerá com um esforço repetitivo (como elevar algo ou arremessar algo muitas vezes) ou por erros posturais (má postura de trabalho, no dia a dia ou nos esportes).

Mais comuns

As doenças de causa funcional mais comuns do ombro são a tendinopatia do manguito rotador e a instabilidade do ombro (quando o ombro sai do lugar, segundo os leigos).

Acerte a postura

Os erros posturais mais comuns são: trabalhar com os ombros contraídos, trabalhar por muito tempo com os membros superiores elevados (braços). Vida sedentária também é um grande risco para muitas doenças e inclusive para doenças ortopédicas de modo geral.

Esportes arriscados

Todos os esportes que envolvem os membros superiores trazem riscos aos ombros: natação, vôlei, tênis e outros. Os riscos têm relação com o emprego de técnica errada, sobrecarga de treinos ou jogos e ausência de condicionamento físico adequado à cada esporte.

LEIA TAMBÉM

<<<Lesionados Futebol Clube>>>

<<<Batida na cabeça é coisa séria>>>

A influência da idade

Quanto mais idade maior a incidência de doenças funcionais e degenerativas – e também à traumas. As doenças degenerativas têm relação com o envelhecimento dos tecidos do corpo, que podem se tornar mais frágeis e se romper de forma espontânea.

Diabete e tireoide

Doenças como diabete e distúrbios da tireoide podem ocasionar doenças do ombro. Internamentos prolongados em UTI, pós-operatórios com muito tempo de imobilização do paciente também trazem riscos de desenvolvimento de doenças dos ombros. Estes pacientes que passam por longos períodos em tratamento internados, devem receber tratamento fisioterápico durante o período acamado para evitar rigidez das articulações.

8 recomendações para você

Deixe seu comentário