Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Tudo sobre higiene íntima feminina

A prática faz parte do dia a dia da mulher e ainda assim gera muitas dúvidas

Para saber como tratar a higiene íntima, a importância de escolher bons produtos e até a quantidade de sabonete que deve ser usada, a médica ginecologista do Ambulatório de Infecções Genitais Femininas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Joziani Beghini, conversou com a gente.

Por que as mulheres precisam usar produtos específicos para a higiene íntima?

A região intima feminina é bastante delicada e sensível, e os sabonetes íntimos líquidos são produtos testados, indicados exclusivamente para essa área. Segundo o Guia de Higiene Genital Feminina da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), a melhor opção são os produtos hipoalergênicos, apropriados para a higiene íntima, que reduzem a chance de ocorrência de quadros irritativos. Deve-se dar preferência aos sabonetes líquidos, com pH ácido (pH entre 4,2 e 5,6) e com baixa detergência, ou seja, que produzam pouca espuma.

Quais as dicas importantes para manter uma boa higiene íntima?

Alguns pequenos cuidados podem fazem diferença para se ter uma boa higiene íntima. Faça sua higiene genital todos os dias pela manhã, antes de sair de casa lavando com água corrente e sabonete formulado especificamente para a região. Ao longo do dia, evite usar papel higiênico para secar a região íntima. Quando estiver fora de casa e não tiver acesso a um ambiente apropriado para fazer a higienização adequada com água corrente, utilize lenços umedecidos apropriados para higiene íntima (hipoalérgicos e com pH ácido). Reduza o comprimento dos pelos da área genital para diminuir o acúmulo de resíduos. O ideal é apará-los cerca de 0,5 a 1 cm, não havendo a necessidade de depilar ou raspar a área genital. A frequência deve ser a menor possível; contudo, a extensão da área a ser depilada dependerá do gosto de cada mulher. É recomendável o uso de roupas naturais (não sintéticas) que favoreçam a ventilação local. Dormir, quando possível, sem calcinha ou com roupas largas para aumentar a ventilação da região íntima.

Como deve funcionar a higienização diária?

De acordo com informações da FEBRASGO, a higienização deve ser feita pelo menos uma vez ao dia em climas mais amenos e de uma a três vezes ao dia no calor. Outra dica importante é que a higienização deve ser suave e sem atritos. Lave com água corrente e sabonete íntimo apropriado. Enxague bem e, a seguir, seque a região íntima muito bem, porém sem atrito.

Qual a medida certa de sabonete a ser utilizado?

Note que a higiene íntima não tem a finalidade de esterilizar a região, mas, sim, de retirar excessos de material orgânico acumulado. Utilize quantidade suficiente para remover o excesso de oleosidade e a sujidade local. Não se esqueça que o uso abusivo de qualquer produto de higiene pode remover a camada protetora da pele causando ressecamento e favorecendo irritações e infecções.

 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário