Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
MSC Seaview é um das maiores navios no Brasil. Foto: Divulgação.
MSC Seaview é um das maiores navios no Brasil. Foto: Divulgação.| Foto: Filippo Vinardi

Autoridades sanitárias determinaram a quarentena de 15 tripulantes do transatlântico Seaview, por causa de suspeita de rubéola. Um dos maiores navios de cruzeiro a operar na costa brasileira, a embarcação trazia a bordo o cantor Wesley Safadão, que deu um show durante a viagem, iniciada semana passada.

A  doença infecto-contagiosa é causada por um vírus que atinge principalmente as crianças. Provoca sintomas como febre, manchas pelo corpo, dor nas articulações, perda de apetite e tosse.

>> Surto de sarampo nos Estados Unidos alerta turistas brasileiros

A conseqüência mais grave ocorre quando a pessoa infectada é uma grávida.

Entre grávidas, a doença pode provocar aborto ou o nascimento de crianças com síndrome da rubéola congênita, que pode causar deficiência auditiva, lesões oculares (retinopatia, catarata, glaucoma), malformações cardíacas e alterações neurológicas (microcefalia, meningoencefalite, atraso do desenvolvimento neuropsicomotor).

Embarcação gigante

A embarcação tem 22 andares, além de subpiso, tem capacidade para 5.400 passageiros além de 1.500 tripulantes. Os trabalhadores do navio começaram a apresentar no sábado, 16, sintomas da doença: febre baixa, nódulos no pescoço e nas proximidades da orelha, quando a embarcação estava em Santos. Um dos tripulantes desembarcou e foi hospitalizado na cidade do litoral paulista.

>> Eles optaram por não vacinar os filhos: que riscos estão assumindo?

Os demais seguiram viagem com o navio, que neste momento está no litoral de Santa Catarina. Tripulantes que tiveram contato com o grupo com suspeita da doença e os que não eram imunizados receberam vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba. Amostras de sangue dos tripulantes foram enviadas para análise no Instituto Adolfo Lutz.

MSC Seaview é um das maiores navios no Brasil. Foto: Divulgação.
MSC Seaview é um das maiores navios no Brasil. Foto: Divulgação.| Filippo Vinardi

Entre o grupo de tripulantes em quarentena estão três brasileiros. Há também trabalhadores da Índia, África do Sul e Madagáscar. Pelo plano original da viagem, amanhã o navio inicia o retorno para o porto de Santos. A viagem deve terminar no dia 2 de março.

LEIA TAMBÉM

 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]