Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

Verruga na pálpebra também é sinal de infecção por HPV

Verrugas nas pálpebras são sinais de lesões que podem indicar um câncer. Ainda que benigno, a lesão deve ser retirada

(Foto: Bigstock)

Se surgir uma verruga na pálpebra, médicos oftalmologistas e dermatologistas pedem para que os pacientes fiquem atentos aos seguintes sinais: crescimento rápido; coceira; sangramento, ainda que sutil; e queda de cílios. Esses são sintomas que podem indicar que a verruga é, na verdade, um tumor.

>> Dez marcas de escovas progressivas são reprovadas pela Proteste por excesso de formol

Ainda que a maioria das verrugas que surgem nas pálpebras é do tipo benigna, os sinais citados acima podem indicar uma malignidade importante. Para ambos os casos, o tratamento mais indicado é a retirada cirúrgica e a cauterização do local da verruga.

Se não houver sangramento da verruga, nem queda dos cílios, é mais provável que ela seja benigna e há vários tipos e origens. A mais comum, de acordo com a médica oftalmologista Tatiana Nahas, é a verruga causada pelo vírus do HPV – o mesmo causador do câncer de colo de útero, prevenido via vacina.

“Existem vários tipos do vírus HPV e um deles gera as verrugas na pálpebra. Por ser de origem viral, e estar localizado em um local que as pessoas passam muito a mão, o vírus pode se espalhar e se multiplicar. Então, o tratamento mais indicado é a retirada e cauterização na raiz”, explica Nahas, especialista em cirurgia de pálpebras e chefe do setor de Plástica Ocular do hospital Santa Casa de São Paulo.

Idosos têm maior risco 

Crianças e idosos têm uma característica importante em comum. Ambos têm o sistema imunológico um tanto mais frágil que os adultos, de forma que as infecções podem se manifestar com mais facilidade.

Por isso que as verrugas nas pálpebras tendem a surgir mais entre essas faixas etárias, especialmente entre os idosos, segundo Tatiana Nahas, médica oftalmologista. “Os tumores nas pálpebras vão muito mais nas pessoas mais idosas, mesmo o do tipo maligno. Pacientes brancos, de pele e olhos claros, estão mais em risco”, orienta.

Prevenção: cuidado com as mãos

No caso das infecções virais, como a verruga causada pelo vírus HPV nas pálpebras, uma das medidas orientadas pelos especialistas como prevenção é o cuidado com a higiene. Confira abaixo um check-list para lembrar e prevenir de forma efetiva:

  • Mãos nos olhos? Pare com isso. Evite ao máximo levar as mãos aos olhos, especialmente se eles estiverem sujos.
  • Lave sempre as mãos. Mãos, dedos, unhas. Tente manter ao máximo a limpeza dessas partes do corpo. Use sabão, seque e não se esqueça do álcool em gel.
  • Vai usar colírio? Cuidado. Antes de manusear colírios e lentes de contato, tenha certeza que as mãos e os objetos que você tocará estão limpos.
  • Cílios limpos também. Na hora do banho, faça uso de xampus neutros para a limpeza dos cílios.
  • Mantenha a saúde em dia. Como a infecção por vírus é muito dependente de um organismo com baixa imunidade, tente manter o sistema de defesa sempre em alta. Mantenha uma alimentação saudável, consumindo as frutas, verduras e legumes da época e faça exercícios físicos com regularidade.

LEIA TAMBÉM

8 recomendações para você

Deixe seu comentário