Patrocínio

Hospital Pilar X-Leme Diagnóstico Por Imagem Mantis Diagnósticos Avançados

“É possível viver com pouco”, diz casal que deixou emprego para viajar pelo mundo

Kanael e Jessica Martins saíram de Curitiba há quase dois meses, já conheceram 19 cidades e querem passar os próximos cinco anos viajando pelo mundo

Kanael e Jessica pretendem conhecer todos os países do planeta em cinco anos (Foto: Reprodução/Facebook)

O casal Kanael Vinicius Miguel Martins e Jessica Rosa Martins deixou um “espólio” em Curitiba antes de pegar a estrada para passar cinco anos viajando pelo mundo: seis camisetas da Marvel, um cachorro e os empregos de auxiliar administrativo e estoquista . Eles saíram da capital paranaense há menos de dois meses e já conheceram 19 cidades em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina, e incentivam outras pessoas que acreditam que não é possível viajar com pouco dinheiro. “Estamos aprendendo que é possível viver com pouco, sem luxos, sem tantas preocupações e, o mais importante, com boa vontade de aprender e desbravar o desconhecido”, afirma Kanael.

A ideia surgiu porque os dois não querem passar a vida somente trabalhando e acumulando bens para “viver de verdade”, como diz Kanael, somente quando aposentados. Depois de ler vários relatos de outros viajantes, passaram cerca de dois anos e meio preparando a grande viagem. No começo, os curitibanos planejavam conhecer todos os países do planeta de bicicleta, mas avaliaram que seria mais difícil se locomover em barcos, trens e caronas.

Os preparativos não incluíram vendas de imóveis ou empréstimos no banco, apenas pesquisas de quais seriam equipamentos e documentações necessárias. Economizaram o dinheiro do salário, venderam duas bicicletas e compraram itens para acampamento, roupas leves e versáteis, e câmera fotográfica e notebook,  ambos usados para registrar o dia-a-dia de uma vida sem rotinas no blog Take The Trip.

“Saímos com pouco dinheiro de casa. Por ser uma viagem longa, sabemos que devemos trabalhar pelo caminho”, comenta Kanael. Vender fotos, doces brasileiros e realizar trabalhos digitais, como traduções e criações de mídia visual, são algumas das ideias do casal. Eles também consideram trabalhar em hostels, fazendas e restaurantes.

Jéssica toma café com brasileiro que mora na Argentina e hospedou o casal (Foto: Reprodução/Facebook)

Jéssica toma café com brasileiro que mora na Argentina e hospedou o casal (Foto: Reprodução/Facebook)

Jéssica e Kanael já passaram dias gastando menos de R$ 5 cada, comprando produtos em promoção e cozinhando para reduzir os gastos. “Sem dúvidas, a melhor dica para diminuir o custo da viagem é usar o Couchsurfing e conseguir caronas”. Eles comentam que a experiência com o Couchsurfing, plataforma de hospedagem gratuita, está sendo mais positiva do que imaginavam e se tornou a primeira opção quando chegam nas cidades. Além de importante para economizar, o Couchsurfing tem possibilitado um maior intercâmbio cultural para os curitibanos que ficam alojados em casas de moradores locais.

Outra dica importante dada pelo casal para tornar a viagem mais barata é fugir das zonas turísticas para se alimentar e procurar câmbios, já que costumam ser os lugares mais caros. Os gastos são registrados em um aplicativo de finanças que ajuda no controle diário do dinheiro. O transporte tem representado o maior custo até então, porque nem sempre conseguem carona.

Sem roteiros e sem horários, o casal recomenda viajar com calma. “Quando chegamos nas cidades nossa prioridade é conversar com pessoas, andar pelas ruas, conhecer a arquitetura característica de cada lugar, sem necessariamente entrar nesses lugares.”. Eles optam por museus grátis e atividades ao ar livre que não precise de ingressos, mas também gastam com passeios que consideram importantes, como os canyons em Cambará do Sul (RS).

Se é possível viajar sem muito dinheiro? Kanael responde: “É possível, desde que você esteja apto para enfrentar qualquer adversidade, não tenha luxo ou vergonha de viver com muito pouco e tenha realmente força de vontade, pois não é tão simples e romântico quanto possa parecer”.

LEIA TAMBÉM:

Dia dos namorados: 5 hotéis com pensão completa perto de Curitiba

Conheça 5 cidades nordestinas para aproveitar o São João

Passeio de trem agora inclui descida para trilha no Marumbi, na Serra do Mar

8 recomendações para você

Deixe seu comentário