Os destinos mais baratos do mundo para viajar em 2019

Da América do Sul a países menos conhecidos pela Europa, há opções para todos os gostos e bolsos

EslovêniaA Eslovênia é considerada o "bolso da Europa" pela facilidade em conhecer atrações que resunem o continente. Foto: Alex Block/Unsplash.

Está na sua lista de objetivos para 2019 viajar mais? Certo, sabemos que esse é o desejo de praticamente todo mundo — o que nem sempre acompanha a vontade é o bolso.

Mas há solução: que tal optar por destinos onde o custo de viagem é baixo? Veja a lista de 10 lugares elencados pelo guia de viagens Lonely Planet:

1- Vale do Sul do Nilo, Egito

O itinerário histórico é uma excelente pedida para o ano que vem, segundo o guia de viagens, pelas belezas da região e custo baixo para acessar, por exemplo, hotéis e espaços mais luxuosos por poucos dólares. Outra vantagem é o acesso fácil pela Europa e o número crescente de visitantes é um excelente momento para realizar uma aventura no deserto.

2- Łódź, Polônia

A ambiciosa cidade pós-industrial é a terceira maior espaços industriais com projetos arquitetônicos ousados. Antigos espaços e fábricas foram transformados em áreas culturais. Planetário, centro de ciências, tirolesa e uma praia artificial são outras atrações da cidade.

3- Parque Nacional das Grandes Montanhas Fumegantes, EUA

A atração é popular nos EUA; são cerca de 10 milhões de visitantes anuais, mas ainda pouco conhecido dos turistas foras do país. As belas paisagens e as caminhadas no parque, que se recuperou de um incêndio florestal em 2016, valem a visita.

4 – Maldivas

Ilhas Maldivas.

Foto: Ishan Seefromthesky/Unsplash.

As viagens independentes estão crescendo nas ilhas Maldivas principalmente pelo surgimento de lugares baratos para se hospedar; antes o local era conhecido sobretudo pelos lugares caros. Não é o local mais barato do Sudeste Asiático, mas é possível se virar bem com cerca de 90 dólares (R$ 350) por dia.

5 – Houston, EUA

Segundo o Lonely Planet, a cidade é conhecida pela diversidade nas atrações turísticas e culinárias — visitar a Chinatown no oeste da cidade e comer um noodles é obrigatório. A cidade também é uma boa pedida para quem gosta de museus – são 19 deles em uma distância tranquila para caminhar. E o melhor: 10 são gratuitos.

6- Argentina

O país como um todo, com seus vinhedos, paisagens exuberantes e a capital Buenos Aires é recomendada pelo guia. Outra vantagem para os turistas é o reembolso de 21% nas taxas locais quando os pagamentos são realizados com cartões de crédito internacionais. O eclipse solar que cruza o norte do país é outro motivo para escolher o destino em 2019.

7- Bangladesh

O 8º país mais populoso do mundo conta com “diversas e excitantes cidades”, diz o Lonely Planet, manguezais e a praia mais longa da Ásia. O destino é conhecido por ser em conta para os viajantes, mas há vários locais pouco explorados que são uma excelente pedida, como a cidade histórica de Bagerhat.

8- Albânia

Albânia

Foto: Xhoni-Myka/Unsplash.

A “fronteira final” da Europa é um paraíso para os viajantes econômicos. Além das belas praias, o guia destaca a cena gastronômica do país, os sítios arqueológicos e suas paisagens montanhosas.

9- Equador

O país é recomendado pelo guia para quem quer ver o melhor da América do Sul em um tempo curto. As cidades coloniais coloridas, as florestas tropicais e suas praias são alguns dos destaques. Outra vantagem é o tamanho do país e os ônibus baratos: é possível se deslocar por terra em viagens que duram no máximo meio dia.

10- Eslovênia

O “bolso da Europa”, fala o Lonely Planet, é uma aposta para quem quer conhecer os grandes destaques do continente mas tem pouco tempo e dinheiro para explorar outras áreas da Europa. As viagens de trem pelo país são “espetaculares”, de acordo com o guia, e com atrações como vinícolas e muitas atividades ao ar livre. No verão, não deixe de visitar o lago Bled.

LEIA TAMBÉM 

8 recomendações para você

Deixe seu comentário