Parque Vila Velha estende horários de visitas e vai abrir até no Natal e Ano Novo

Novo período de funcionamento começa a valer nesta sexta-feira (8) e vai até o Carnaval

Parque Vila Velha. Foto: Henry Milléo/ Arquivo/Gazeta do Povo

Para atender turistas e visitantes em férias, a partir desta sexta-feira (8) até o dia 18 de fevereiro de 2018,  o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, ficará aberto em horário estendido. Na próxima semana, o parque já abre de quarta a segunda-feira (fechado às terças para manutenção), das 8h30 às 15h30. Os visitantes poderão conhecer o local inclusive no Natal, Ano Novo e na terça-feira de Carnaval (dia 13 de fevereiro).

O Parque Estadual de Vila Velha é uma das principais atrações turísticas de Ponta Grossa e fica a 60km de Curitiba. Foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná.

Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual em 1966, o parque tem mais de três mil hectares. Ficou fechado, em processo de revitalização, entre 2002 e 2004 e desde setembro deste ano as regras de visitação mudaram. Agora, todos os passeios são feitos por trilhas e acompanhados de guias do próprio parque.

Conhecida Taça de Vila Velha. Foto: Divulgação/AEN

Conhecida Taça de Vila Velha. Foto: Divulgação/AEN

Passeio guiado

Com o novo horário de funcionamento para o final de 2017 e início de 2018, também mudam um pouco as regras do passeio guiado. Neste período, grupos menores de 15 pessoas não precisarão fazer agendamento prévio com os guias do parque, que trabalhar em plantão para o atendimento aos visitantes. O valor por visitante é de R$ 10 e é pago diretamente no parque.

Para grupos maiores que 15 pessoas, o agendamento deve ser feito com dez dias de antecedência pelo e-mail do parque e do guia turístico. Neste caso, o valor cobrado pode variar de acordo com o guia contratado. Segundo o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), o valor é repassado pelo guia no momento do agendamento.

A exigência dos guias foi feita para prevenir depredações ao patrimônio natural.

Chegue cedo

Como a unidade de conservação tem limite de visitação de 800 pessoas por dia, é comum a cota ser esgotada por volta do meio dia.

O valor da entrada no parque custa R$ 18 (visita completa), ou R$ 8 para a visita às Furnas e à Lagoa Dourada e R$ 10 para a visita aos Arenitos. Com o acréscimo da taxa de serviço do guia, a visita completa sairá R$ 28 por pessoa. Neste valor, porém, a pessoa visita o parque na companhia de outros turistas.

Lago de Furnas em Vila Velha. Foto: Josué Teixeira/Gazeta do Povo

Lago de Furnas em Vila Velha. Foto: Josué Teixeira/Gazeta do Povo

Serviço — Parque Estadual de Vila Velha

Onde: O acesso se dá pela rodovia BR 376 (Ponta Grossa—Curitiba), no Km 28 a partir de Ponta Grossa — saída pela Av. Visconde de Mauá (Oficinas) ou Av. Visconde de Taunay (Ronda).

Quando: Sextas, sábados, domingos e feriados nacionais das 8h30 às 17h30, com entrada permitida até 15h30, mediante a contratação do guia de turismo. Nos finais de semana, os ônibus para Furnas e Lagoa Dourada saem às 9h30, 11h, 13h30, 15h30 (as vagas são limitadas); segundas, quartas e quintas, mediante agendamento. Sujeito à lotação.

Quanto: Entrada: R$ 18 (Furnas, Arenitos e Lagoa Dourada), ou R$ 8 (Furnas e Lagoa Dourada) e R$ 10 (arenitos). Meia entrada para estudantes estudantes, funcionários públicos, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa com apresentação de comprovante de residência. Menores de 6 anos, idosos acima de 60 e pessoas com necessidades especiais são não pagam.

Guias: R$ 10 (individual, aos finais de semana e feriados). O valor por grupo varia de acordo com o guia.

CONTATO:

Administração do parque: (41) 3213-3832 e (41) 3213-3819, pevilavelha@iap.pr.gov.br e página do parque no Facebook (os telefones funcionam somente durante a semana).

Guias:

ABGTur — (41) 9 9534-2848 e abgtur@abgtur.tur.br

NGTur — (42) 9 8417-2323 e guiasngtur.pg@gmail.com

LEIA TAMBÉM:

8 recomendações para você

Deixe seu comentário