i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Alexandre Borges

Foto de perfil de Alexandre Borges
Ver perfil

O Brasil como força propulsora para o desenvolvimento da América Latina

  • Alexandre BorgesPor Alexandre Borges
  • 09/08/2019 16:19
Economista Alejandro Chafuen é o entrevistado dessa semana de Alexandre Borges
Economista Alejandro Chafuen é o entrevistado dessa semana de Alexandre Borges| Foto: Divulgação

Por Guilherme Macalossi

Pelo seu tamanho territorial, econômico e populacional, o Brasil sempre foi o referencial para a América Latina. Tanto para o lado negativo quanto para o lado positivo. Mais recentemente, durante o período petista, é inegável que o governo brasileiro respaldou a conduta de lideranças políticas socialistas que implementaram agendas autoritárias e intervencionistas em países como a Argentina, Venezuela, Equador, Bolívia e a Nicarágua.

A situação, entretanto, parece mudar. O economista Alejandro Chafuen, que presidiu a Atlas Network Foundation entre 1991 e 2018, vê com bastante otimismo as ações econômicas que estão sendo tomadas no Brasil. Entrevistado por Alexandre Borges para o Imprensa Livre, ele apontou que se o país tiver sucesso, servirá de força propulsora para seus vizinhos caminharem no mesmo sentido.

Chafuen alerta, no entanto, que a força do populismo ainda é grande no continente, e não esconde sua preocupação com a volta de figuras como Cristina Kirchner, que se tornou uma das favoritas para ganhar as eleições presidenciais na Argentina.

“Eu temo pela Argentina. Eles tiveram grandes avanços em temas como combate ao terrorismo, crime, e a Argentina tem sido uma boa aliada em no esforço de liberar a Venezuela”, disse.

Um dos temas recorrentes de Chafuen é apontar a importância de que a liberalização econômica esteja sempre associada a aparatos institucionais evoluídos. O livre mercado junto ao império da lei seriam as características básicas para que sociedades possam se desenvolver com liberdade e segurança jurídica.

Acompanhe a íntegra da entrevista de Alejandro Chafuen para o “Imprensa Livre” e fique por dentro de outros assuntos como as estratégias políticas de Steve Bannon e o marxismo cultural dentro dos ambientes universitários.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.