i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Falando de Música

Foto de perfil de Falando de Música
Ver perfil

O enorme e importante legado da pianista Henriqueta Duarte

  • Por Osvaldo Colarusso
  • [10/08/2020] [10:15]
A pianista Henriqueta Duarte em foto de 2017
A pianista Henriqueta Duarte em foto de 2017| Foto:

A pianista Henriqueta Duarte, falecida há poucos dias (mais precisamente no dia 3 de agosto). deixa um legado sem precedentes na atividade musical do Estado do Paraná. Creio ser importante documentá-lo.

Nascida em novembro de 1925 (e não 1928, como alguns órgãos erroneamente informam) no interior do Paraná (Porto União), teve a parte mais importante de sua formação musical através de Magda Tagliaferro no Rio de Janeiro, José Cubilis em Madri e Richard Hauser em Viena. Em seu retorno ao Paraná sua atuação foi muio além de uma instrumentista.

Junto ao seu esposo, o Engenheiro Eduardo Garcez Duarte, homem poliglota e de vastíssima cultura, fundou em 1963 a "Pró-Música de Curitiba", organização mantida por assinantes e patrocinadores que trouxe à capital paranaense Orquestras do nível da Gewandhaus de Leipzig e Orquestra de Paris, e artistas do porte de Christian Ferras, Daniel Barenboim e Paul Tortelier. E também é dessa época também a concepção de um projeto ambicioso: cursos de verão, com duração de um mês, destinado a jovens músicos, antecessores das atuais, e muito mais modestas, Oficinas de Música da Prefeitura de Curitiba.

Paralelo a estas atividades, que tornaram Curitiba uma cidade importante no cenário da música clássica do país, Henriqueta fazia outra "revolução" em sua atividade de Professora de piano na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. O nível do ensino subiu drasticamente com sua visão mais cosmopolita. Aposentaram-se as superadas edições "revisadas", que eram usadas então, e se deu preferência às edições originais, "Urtext", como se diz em alemão. Com contatos advindos de seu período em Viena, trouxe para Curitiba grandes mestres como Homero Magalhães e Jaque Klein, que complementavam os cursos na Escola. E por quatro anos foi diretora da Escola, de 1974 até 1978. E, justamente por sua iniciativa neste período, o corpo de professores de instrumentos musicais foi acrescido de professores de instrumentos de orquestra. Através desta ousada iniciativa atuaram de forma regular naEscola de Belas Artes Paulo Bosisio, grande mestre carioca do violino, alem de Harold Emert, primeiro oboé da Sinfônica Brasileira, Zygmund Kubala, violoncelista polonês que morava em São Paulo e o notável flautista paranaense, que atuava também na Sinfônica Brasileira, Norton Morozowki. Não fosse esse esforço de Henriqueta jamais seria formada a Camerata Antiqua de Curitiba, cujos membros até hoje são egressos deste período, e mesmo seria mais difícil a fundação da Orquestra Sinfônica do Paraná.

Não poderia esquecer, neste breve resumo deste importantíssimo legado, falar da enorme quantidade de alunos que Henriqueta Duarte teve, alguns deles com importante atuação no exterior como Roberto Domingos (Alemanha), Vania Pimentel (Estados Unidos) e Renata Bittencourt (França) e outros no Brasil como José Henrique Martins, professor na Universidade Federal da Paraíba, além de Maria Leonor Melo de Macedo e Larissa Boruschenko, que por muitos anos lecionaram na Escola de|Música e Belas Artes. Além disso , sua atuação como pianista teve momentos de grande brilho, tendo feito uma das primeiras execuções do Concerto de Kachaturian no Brasil (sob a regência de Souza Lima) nos anos 1950, e atuou com grupo da excelência do Quarteto Lindsay e do Quinteto de sopros de Munique. Tenho na memória uma excepcional execução do Momoprecoce de Villa-Lobos (obra dedicada a sua mestra Magda Tagliaferro) que a pianista realizou sob minha regência em 1987 com a Sinfônica do Paraná, ocasião em que a pianista obteve um êxito excepcional.

Henriquta Duarte, e seu esposo, Eduardo Garcez Duarte, que se estivesse vivo completaria 100 nos no último dia primeiro de agosto, foram pessoas absolutamente apaixonados por música. Amigos leais, como raramente tive em minha vida, deixam uma lição, um exemplo de operosidade, luta, foram incansáveis. A Henriqueta e a Eduardo, somos eternamente gratos.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • P

    Paulo José da Costa

    ± 15 minutos

    a música clássica é marginalizada, considerada falsamente "de elite", da "burguesia". Éo apagamento das manifestações da cultura e inteligência dita "européias".

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    MARCELO LESSA CEZAR

    ± 16 dias

    IMPRESSIONANTE COMO FICAMOS À MARGEM DESSAS INFORMAÇÕES NA GRANDE IMPRENSA.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • O

      Osvaldo Colarusso

      ± 14 dias

      Cultura não é prioridade

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.