i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Pesquisa

Paraná tem oito deputados entre os 100 mais influentes do Congresso

  • João FreyPor João Frey
  • 18/12/2019 18:28
Congresso Nacional.
Congresso Nacional.| Foto:

Dos 30 deputados do Paraná, oito estão no ranking “Cabeças do Congresso”, levantamento que está na 26ª edição e identifica os 100 parlamentares mais influentes no Congresso Nacional. Na edição de 2019, nenhum senador do estado assumiu posição de destaque. O estudo é elaborado pelo Diap, Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar.

Os paranaenses que estão entre os mais influentes são Enio Verri (PT), Felipe Franscischini (PSL), Filipe Barros (PSL), Gleisi Hoffmann (PT), Gustavo Fruet (PDT), Ricardo Barros (PP), Rubens Bueno (Cidadania) e Sérgio Souza (MDB).

LEIA MAIS:Concessão de aeroportos paranaenses é prioridade para o governo federal em 2020

De acordo com o estudo do Diap são esses “os parlamentares com mais habilidades para elaborar, interpretar, debater ou dominar regras e normas do processo decisório, bem como para manipular recursos de poder, de tal modo que suas preferências, ou do grupo que lideram, prevaleçam no conflito político”.

VEJA TAMBÉM: Como a bancada paranaense mudou de ideia sobre a nova lei do saneamento

Para a classificação e definição dos nomes que lideram o processo legislativo, o Diap recorreu a critérios qualitativos e quantitativos, que incluem, na tipologia do estudo, aspectos posicionais (institucionais), reputacionais e decisionais.

“Entendemos como critério posicional ou institucional o vínculo formal ou o posto hierárquico ocupado na estrutura de uma organização; o reputacional, a percepção e juízo que outras pessoas têm ou fazem sobre determinado ator político; e o decisional, a capacidade de liderar e influenciar escolhas”, explica o levantamento.

Em tempos em comuns as denúncias contra parlamentares, os responsáveis pelo estudo fazem um importante alerta: “considerando que alguns dos influentes poderão ser denunciados pelo Ministério Público, cabe esclarecer que na definição da lista não são considerados critérios éticos e morais”.

Em ascensão

Além dos 100 “cabeças do Congresso”, a pesquisa aponta outros 50 parlamentares cuja influência está em ascensão. Para os pesquisadores, esses são aqueles deputados e senadores que vem recebendo missões partidárias, políticas ou institucionais e se desincumbindo bem delas. “Estão também nessa categoria os parlamentares que têm buscado abrir canais de interlocução, criando seus próprios espaços e se credenciando para o exercício de lideranças formais ou informais no âmbito do Parlamento”.

Nesta categoria há quatro paranaenses: Aliel Machado (PSB); Paulo Eduardo Martins (PSC); Pedro Lupion (DEM); e Toninho Wandscheer (Pros).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.