i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

João Frey

Foto de perfil de João Frey
Ver perfil
Reestruturação

Receita Federal suspende saída de superintendência de Curitiba para o RS

  • Por João Frey
  • 21/11/2019 16:42
Sede da Superintendência da Receita Federal em Curitiba
Sede da Superintendência da Receita Federal em Curitiba| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

O secretário especial da Receita Federal do Brasil, José Tostes, suspendeu o plano de reestruturação da receita que havia sido implantado pelo antigo comandante do órgão, Marcos Cintra. Entre outas medidas, a reestruturação previa a diminuição do número de superintendências da Receita no Brasil. Com isso, o Paraná, que hoje tem uma superintendência própria, passaria a responder ao Rio Grande do Sul.

A informação da suspensão foi repassada por Tostes ao deputado paranaense Sergio Souza (MDB), que preside a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, e confirmada pela assessoria da Receita Federal.

LEIA MAIS: Mudanças na Receita Federal geram batalha política entre Paraná e Rio Grande do Sul

Desde que veio à tona a informação de que a superintendência de Curitiba estava prestes a ser extinta, a bancada federal e o setor produtivo do Paraná começaram uma articulação para manter a estrutura em funcionamento. O movimento enviou um ofício ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) pedindo a manutenção da superintendência. Entre os signatários estavam o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano, o presidente do Tribunal de Justiça, Adalberto Xisto Pereira, o procurador-geral de Justiça do Paraná, Ivonei Sfoggia e pelos deputados Toninho Wandscheer e Sérgio Souza.

Em setembro, a Comissão de Finanças e Tributação, presidida por Sergio Souza, realizou uma audiência pública sobre o tema. No evento, parlamentares e lideranças do setor produtivo criticara duramente a proposta e questionaram os critérios da Receita.

Toninho Wandscheer (PROS), líder da bancada paranaense no Congresso, cobrou de Jaime Durra, representante da Receita Federal no evento, uma justificativa técnica para a escolha do Rio Grande do Sul em detrimento do Paraná. O representante da Receita, entretanto, disse que não tinha uma resposta para o parlamentar. Ao fim da audiência, Wandscheer afirmou que o único motivo para a escolha da sede é o fato de o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ser gaúcho e a decisão, portanto, é política.

2 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 2 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • S

    Sr. Walker

    ± 0 minutos

    Infelizmente o paranazinho é mesmo um anão político.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    ELIANA T

    ± 13 minutos

    Os Políticos que tem mais força levam vantagem aos seus Estado de Origem. Infelizmente o Paraná sempre fica para trás.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.