Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • R

    Rodrigo Abagge Santiago

    ± 13 horas

    Excelente texto! Fui aluno dele e gosto muito de seu trabalho. Há quem diga que a filha está no mesmo caminho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JAQUES BRAND

    ± 20 horas

    Em Polonês, nas aulas da Professora Regiane ali na Casa da Cultura Polônia-Brasil, tema aliás de uma das crônicas geniais do Zé Carlos, o dígrafo "rz" (como em Brzezinski) tem o som do nosso jota ("j") como em José Carlos Fernandes. Além do mais, o "zi" também corre com valor de jota ("j") na maior parte das situações. Donde o Osório, gênio da raça, aqui retratado com as tintas insuperáveis de dom Zeca, se pronuncia "Bjejinski". Igualzinho ao famoso secretário de Estado dos Estadozunidos (que já zuniram mais do que zunem hoje em dia) no tempo do Reagan ou da Araci de Almeida. Muito grato por essa crônica/portrait do nosso guru João Osório.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.