i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

Luiz Felipe Pondé

Foto de perfil de Luiz Felipe Pondé
Ver perfil

Matadouros com pufes, ioga e comida orgânica

  • Luiz Felipe PondéPor Luiz Felipe Pondé
  • 27/07/2020 10:18
Matadouros com pufes, ioga e comida orgânica
| Foto: BigStock

Dissociação é um termo em psicologia que descreve uma espécie de fragmentação da vida psíquica ou do comportamento. Alguém pode, por exemplo, viver uma vida dupla, sem ter plena consciência do que está fazendo. Ou praticar algo completamente dissociado do resto de sua vida, tampouco tendo plena consciência disso.

Filmes já criaram assassinos em série que eram excelentes pais e maridos. Ou uma excelente mãe e esposa pode ter casos amorosos em viagens a trabalho como se nada tivesse a ver com sua vida familiar. Pai, marido e assassino frio. Mãe, esposa e promíscua.

Muitos especialistas entendem que algum grau de dissociação se faz necessário para suportar as enormes contradições que a vida "normal" nos impõe.

Talvez só Deus e seu intelecto infinito (como diria Descartes no século 17), e, por tabela, sua consciência infinita, suportaria uma integração absoluta de todas as dimensões infinitas da vida e suas antinomias (contradições insolúveis).

No plano dos mortais como nós, dissociação demais –todos concordam– seria patogênico.

Refiro-me hoje a um tipo específico de dissociação que acomete as gerações mais jovens, principalmente ao adentrarem o mercado de trabalho.

Independentemente desse tipo de dissociação, vale lembrar que no grande romance "Pais e Filhos", de Ivan Turguêniev, do século 19 (e que só ele merece uma coluna), o jovem Bazárov, primeiro grande niilista da literatura russa, representante da geração dos anos 1860 na Rússia, os liberais radicais e ancestrais dos bolcheviques, já nasceu doente.

Melancólico, dissociado afetivamente, cheio de ressentimento e autoengano, o jovem, que depois virou calça jeans, já nasceu doente. Mas, voltemos a nossa pauta de hoje.

Os jovens que adentram o mercado de trabalho hoje vivem uma dissociação que pode ser caracterizada da seguinte forma: o mercado que os recebe oferece, no plano estético ou sensorial, um ambiente de trabalho que parece uma balada.

O ambiente parece um lounge, um "everlasting" êxtase (um êxtase sem fim), com horas flexíveis de trabalho, home office descolado, ambientes de relaxamento, colegas lindas, a saúde como modelo de vida escorrendo pelas academias, causas sociais veganas de espírito, promessas de carros caros, "rooftops" com vista para o futuro, trabalho em diversos países do mundo, enfim, o trabalho e o mundo como um imenso parquinho ao alcance deles.

A vida será muito mais legal, livre, feita de escolhas e divertida do que a de seus pais e mães, atordoados, tristes e ridículos (querendo ser jovens).

Já tentei dizer para pais e mães que os filhos e filhas deles acham ridículo quando eles querem ser jovens, mas esses tolos não escutam a sempre discreta voz da razão.

Na verdade, esses jovens vivem e viverão num mercado de trabalho mais agressivo, mais competitivo, mais violento, mais sem limites, com mais demandas e mais metas 44 horas por dia. A exigência de competência será muito maior em todos os níveis, ainda que empacotada para presente.

A dissociação patogênica aqui, dito de forma resumida, é: apesar de aderirem a uma vida "saudável", criativa e "rotinafree", os jovens –aqueles mesmos que fazem mimimi quando se fala de matadouros de gado– marcham, docilmente e felizes (sonhando com iPhones e capitais globais) para matadouros com pufes, ioga e comida orgânica.

O chamado marketing de causas ajuda muito nesse processo dissociativo que cobrará um alto preço em ansiolíticos e antidepressivos. Uma leitura que pode ajudar é "Winners Take All" (Vencedores levam tudo), de Anand Giridharadas, publicado pela editora Alfred A. Knopf, em 2018. Nesta obra, o autor mostra como o engajamento social das grandes marcas é para inglês ver.

Mas esta batalha é perdida. A lógica produtiva atingiu o nível simbólico dos contos de fadas e as antigas princesas medievais hoje são mulheres que trabalham 200 horas por dia, felizes por serem cativas.

Olho para o passado recente da pandemia e vejo como já nos seus primeiros dias o mercado do coronavírus se organizava ao redor dos delinquentes e dos conscientes.

A pandemia mostrou que nem um vírus está a salvo.

22 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 22 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • J

    João Martins Donizete

    ± 3 dias

    Gostei de tudo. Mas, muito especialmente a parte que o engajamento das grandes empresas neste mundo do faz-de-conta é para inglês ver. E esses jovens "por dentro de tudo" ainda se acham os tais.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Claudia Aguiar de Siqueira

    ± 9 dias

    E se sentem superiores e plenos...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fabio Serra Barbosa da Silva

    ± 9 dias

    Importante presença do Pondé nesse jornal! O mantenham!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jose Ferreira de Azevedo Junior

    ± 10 dias

    Que surpresa deliciosa esse artigo do Pondé. Aguardando o próximo...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • F

      Fabio Serra Barbosa da Silva

      ± 9 dias

      100% de acordo

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    ALVARO JOSE JUNQUEIRA NUNES

    ± 10 dias

    Quem está indo para os matadouros emocionais são os frágeis jovens que idolatram o charme das empresas que lhes dão um parque de diversões que, na verdade, é uma jaula. Os donos do poder mundial agradecem...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Doarcy Junior

    ± 10 dias

    muito bom .... a cada nova geração muda a forma de escravidão e a figura do feitor ... afinal lá na época da abolição, concluiu-se que era mais barato pagar um salário do que manter um escravo ...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    chico

    ± 10 dias

    admirável mundo novo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    Rita Lina

    ± 10 dias

    Bom texto Pondé como de costume. Bom para refletir de como será a vida pós pandemia.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Alex

    ± 10 dias

    Bom texto Pondé.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Andrey N.

    ± 10 dias

    Adoro a forma como ele escreve. Espero que tenha mais textos do Pondé aqui na Gazeta.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    marcelo bergerson

    ± 10 dias

    Sensacional! Nem mais nem menos, a começar pelo titulo, genial.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • A

    Allan Apter

    ± 10 dias

    O home office trouxe uma falsa sensação de que você trabalha em casa. Na verdade você vive no trabalho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • J

      Júlio Lins

      ± 9 dias

      Gostei, é um fato!!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    Magaly FragaMoreira

    ± 10 dias

    POR FAVOR, coluna sobre "Pais e Filhos" assim que possivel.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    FB

    ± 10 dias

    Tenho 36 anos. Comecei minha jornada aos 19 intermitente, e aos 25 plenamente. Acompanhei toda transição até esse momento, e digo: o mercado está mais infernal que nunca, e o jovem não consegue ver isso. Ele só cai na real após uns 3 anos, quando ele recebe seu primeiro pé na bunda porta para fora, aos prantos, sem entender ter sido descartado como fruta estragada após o seu "skill set" não ser útil para nenhum cliente mesmo ele tendo dedicado 16, até 18 horas da sua vida por dia com "corporate life style", seguindo pilhas de treinamento pós expediente, concelhos, ações sociais, "festinhas de resultados"...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Carvalho

    ± 10 dias

    Grande texto!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jorge Dias

    ± 10 dias

    Como não sentir medo?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sergio Vianna

    ± 10 dias

    MetaFilosofia. O mercado do corona é uma bolha a ser analisada de fora sempre. Mais uma bolha dentro deste Universo. Temos vários multiversos no consciente coletivo. Nasce mais um e que já nasce grande e perigoso!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JULIO CESAR DA SILVA

    ± 10 dias

    Hoje olhando a humanidade parece que todas as pessoas quando falam são boas e dotadas de grandes ideais, mas quando vemos as atitudes percebemos que é tudo ilusão e as pessoas são as mesmas de sempre individualistas e lutando para satisfazer as suas necessidades superficiais!

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fabricio Zandona

    ± 10 dias

    O mundo sempre foi hostil. Parece que agora com mais armadilhas. Mas o temor ao Senhor é o princípio da sabedoria. Caminho reto com bons princípios.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • L

      Luigi Tenco

      ± 9 dias

      E, lá no fim, descobrir que o Senhor não existe, é só mais uma dissociação das que se podem ter.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]