Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Ensino e aprendizagem: qual é a sua forma de ensinar?
Ensino e aprendizagem: qual é a sua forma de ensinar?| Foto: Unsplash, Mr. Bochelly/Reprodução

Em algum momento você já parou para pensar que a educação em seu sentido literal tem que ser interessante para quem quer aprender? Eu explico: temos que transformar a forma de ensinar.

Coloque o foco no que já aprendeu, e no que está aprendendo agora, para deixar mais claro o que eu gostaria de dizer. E pense em como seria possível compartilhar essas lições para ajudar os outros. Pode ser útil imaginar que se está ensinando a si mesmo no passado, antes de se ter aprendido tudo isso.

Depois, comece a compartilhar o que sabe seguindo estes fundamentos básicos:

  • Não se ensina sem dizer para que serve;
  • Não se ensina ser dar o exemplo correspondente;
  • Não se aprende o que não interessa;
  • Não se aprende o que não se aplica. 

Na prática, ao entender e aplicar estes quatro pontos é possível perceber que quem ensina, ensina algo a alguém. Quem ensina, aprende ao ensinar, e quem aprende, ensina ao aprender. Além disso, ao desenvolver o aprendizado e a troca proporcionados através deste viés, note que a crença limitante reforçada por anos com base na relação educador-educando passa a não fazer mais sentido nos dias de hoje.

Portanto, se trata de um desafio. Afinal, nem todos estão dispostos a se doar neste processo de troca e sabemos ainda que poucos são aqueles que realmente se dedicam a repassar conhecimento e ensinar os que desejam aprender. E não me refiro aqui apenas àqueles que o fazem como profissão, me refiro às pessoas que entendem a importância deste ato na vida e que já foram impactados por alguém que o ajudou a perceber o que era preciso para seguir, ou já impactaram alguém de tal forma que entenderam a importância de seus atos genuínos.

Não é nenhum exagero afirmar que ensinar é uma arte, e que na outra ponta, absorver esses ensinamentos e colocar em prática é uma questão de sabedoria e disposição.

Note que apenas diante dos acertos e erros que a vida proporciona a todos os seres humanos falíveis, é concedido a oportunidade de transformar-se e propagar esses aprendizados, seja através do exemplo ou do despertar que suas ações e ideias podem provocar no outro.

Talvez este seja o grande poder do “ensinar algo a alguém”: a chance real de impactar a vida de outras pessoas positivamente e de uma forma irreversível.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]