Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pão Petrópolis, o charme dos cariocas, agora com receita pra fazer em casa.
Pão Petrópolis, o charme dos cariocas, agora com receita pra fazer em casa.| Foto: Anacreon de Téos

Estava devendo uma receita de pão aqui nesse espaço.

Mas é que uso quase sempre a fermentação natural e sei que a grande maioria das pessoas possivelmente interessadas não dispõe desse elemento. Que, aliás, é gratificante de lidar.

Só que dessa vez vai dar certo, pois fiz um pão com fermento biológico (embora também já tenha experimentado a versão com fermento natural, com sucesso), justamente um dos mais famosos do Brasil: o Pão Petrópolis.

Quem mora ou morou no Rio de Janeiro ou mesmo costumava (antes da pandemia) passear por lá, certamente tem nesse pão uma das referências gastronômicas da cidade. Principalmente do centro, das várias leiterias que lá existiam e que hoje estão rareando. E que é uma das assinaturas da tradicional Confeitaria Colombo. A fatia macia do pão levemente adocicado vai para a frigideira para uma leve tostada e chega à mesa com a manteiga derretendo. É diferente de qualquer outra torrada, é única e deliciosa.

Neste fim de semana fiz novamente o Pão Petrópolis, publiquei algumas fotos em redes sociais, provoquei lembranças de alguns e dezenas de pedidos da receita. Aquele pedido meio compulsivo, sabe? Boa parte do pessoal pede por pedir, não por ter vontade de fazer o pão – ou qualquer outra receita.

Mas, como o interesse, ao que parece, foi real, decidi que já seria hora de publicar uma receita de pão, começando justamente por essa, que é fácil de fazer e traz um resultado gratificante. E ainda dá o charme de poder dizer: “fiz o Pão de Petrópolis”.

Sim, Petrópolis porque a origem do pão foi naquela cidade serrana fluminense, mas pouco se sabe além disso. Consta que a receita era tão secreta que ninguém teve o cuidado de preservar sua história. Apenas existe e sua elaboração foi passando de mão em mão até chegar no Rio de Janeiro e ganhar a fama que tem hoje.

Antes de passar a receita, apenas uma observação quanto à sova. Pode realizar o método clássico, com as mãos, por uns dez minutos, mas também dá para fazer em batedeira planetária ou mesmo em máquina de pão. Aliás, ultimamente redescobri essa alternativa, reabilitando a máquina guardada há tempos, desde que aprendi a fazer pão sem a necessidade dela. Mas a sova – função dough – é perfeita e facilita em muito o trabalho.

Vamos ao pão, então?

O Pão Petrópolis, macio e saboroso.
O Pão Petrópolis, macio e saboroso. | Foto: Anacreon de Téos

Pão Petrópolis

Anacreon de Téos
Tempo de preparo4 horas
Rendimento1 pão
PreparoMédio

Ingredientes

  • 500g de farinha de trigo
  • 240g de leite em temperatura ambiente
  • 1 ovo, levemente batido
  • 5 g de fermento biológico seco (meio sachê)
  • 12g de sal
  • 60g de açúcar
  • 30g de manteiga amolecida
  • 1 gema misturada com 1 colher (chá) de café passado

Preparo

  1. Junte os elementos secos: comece misturando a farinha e o fermento. Acrescente o açúcar e o sal. Misture tudo muito bem.
  2. Adicione o ovo batido e o leite.
  3. Sove bem e, na própria tigela ou numa bancada enfarinhada, por cerca de 10 minutos. Quando estiver praticamente no ponto, junte a manteiga derretida.
  4. Caso esteja usando planetária, misture na velocidade baixa por 5 minutos, aumente para a velocidade alta por mais 7 minutos, adicione a manteiga e bata por mais 3 minutos, mantendo a velocidade alta.
  5. Na máquina de pão, utilize a função “dough” por 5 minutos e daí some a manteiga, deixando prosseguir o programa até o fim – 20 minutos, na maioria dos aparelhos.
  6. Cubra com um pano levemente umedecido e deixe crescer por cerca de 1 hora, até dobrar de tamanho.
  7. Depois que crescer, despeje a massa em uma bancada, pressione-a delicadamente, para liberar todo ar que se formou internamente.
  8. Vá abrindo a massa com as mãos, medindo o tamanho da forma de bolo inglês.
  9. Dobre no sentido do comprimento, enrole aos poucos, firmando a cada volta, e “costure” a emenda em toda a extensão.
  10. Transfira a massa para a forma untada, forrada com papel manteiga nas laterais deixando 10 cm de papel para o lado de fora da forma e deixe descansar por 45 minutos em local sem vento.
  11. Cerca de 30 minutos antes de assar, preaqueça o forno a 250ºC e coloque uma assadeira na parte de baixo do forno.
  12. Na hora de colocar o pão no forno, pincele a superfície com a gema de ovo misturada com o café pronto.
  13. Despeje 100 ml de água quente na assadeira preaquecida e coloque a forma com o pão no forno na grade de cima. Diminua a temperatura para 210ºC.
  14. Deixe assar por 40 minutos, até dourar bem.
  15. Quando estiver assado, retire do forno, desenforme com cuidado e coloque em uma grade, para esfriar por 10 minutos.
Fatia de Pão Petrópolis passada na frigideira com manteiga. Incomparável!
Fatia de Pão Petrópolis passada na frigideira com manteiga. Incomparável!| Foto: Anacreon de Téos

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

Entre em contato com o blog:

Blog anterior: http://anacreonteos.blogspot.com/

Twitter: http://twitter.com/AnacreonDeTeos

E-mail: a-teos@uol.com.br

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]