PUBLICIDADE
Lançamento

Bruna Surfistinha narra histórias picantes em "audio book"

Os 80 mil compradores e outros tantos leitores que não se intimidaram em ter em mãos o livro "O doce veneno do escorpião" poderão ter Bruna Surfistinha sussurrando em seu ouvido. Não, ela não vai inaugurar um tele-sexo. Caso você tenha estado fora do planeta Terra nos últimos quatro meses, saiba que a número um em vendas nas principais livrarias do país não faz programas nem oferece nenhuma forma de prazer para clientes há muito tempo.

Bruna Surfistinha, a ex-prostituta que virou sensação na internet brasileira e nas prateleiras, vai lançar um "audio book". "O doce veneno do escorpião - Histórias inéditas e proibidas de Bruna Surfistinha", como o próprio título diz, terá relatos picantes que não entraram no seu livro.

Casos parecidos com os das 36 páginas negras lacradas de "O doce veneno do escorpião" são relatados pela própria Bruna, ou melhor, por Raquel Pacheco, a jovem de 21 anos que não teve vergonha de expor seu passado de garota de programa. E não é de assustar que o novo produto "by" Surfistinha seja vendido em uma sexy-shop.

- O objetivo principal é animar a relação sexual das pessoas, principalmente de casais. É para ouvir junto sim e não vejo problema que seja vendido em sexy-shop - responde Raquel, em entrevista exclusiva para o Globo Online, em que ela contou sobre a continuação do seu livro, a nova vida de empresária de cosméticos e deu até palpite de nomes da atriz que deve interpretá-la no cinema.

Raquel aprendeu aula de interpretação para gravar o "audio book", que deverá ser lançado mês que vem pela Book Records. A editora especializada também é responsável em reproduzir "O código Da Vinci" e "O senhor dos anéis" em discos.

Foi dos próprios editores a idéia de ensinar Bruna Surfistinha a interpretar. Calma, fãs afoitos. Não haverá gemidos ou frases de efeito no "audio book".

- Só faço a voz mais sexy ou triste quando o texto é mais dramático. Também dou algumas risadinhas quando é mais engraçado - conta ela.

Apesar das primeiras aulas de interpretação, Bruna Surfistinha nega a intenção de trabalhar como atriz. Pelo menos por enquanto. Ela se diz muito tímida e conta que só conseguiu gravar o "audio book" porque ficava fechada em uma cabine de som sozinha.

- Já pintou convite para uma peça de teatro. Quem sabe mais para a frente. Antes tenho que fazer uma curso e me sentir mais segura.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO