Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

violência

Coritiba lamenta “barbárie” em frente ao Couto Pereira

  • Julio Filho
Confusão foi registrada antes do duelo entre Coritiba e Corinthians. | Reprodução/Twitter SCCP News
Confusão foi registrada antes do duelo entre Coritiba e Corinthians. Reprodução/Twitter SCCP News
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Coritiba se manifestou oficialmente repudiando a briga registrada em frente ao Couto Pereira na manhã deste domingo (18), antes do empate entre Coxa e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Sete pessoas ficaram feridas.

A Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe) prendeu, durante a partida, no setor das arquibancadas em que fica a organizada Império Alviverde, o suspeito João Carlos de Paula, 24 anos. Ele é acusado de tentativa de homicídio .

“Mais uma vez o nosso lamento por tudo que aconteceu fora de campo antes do jogo. Um dia que ficou marcado pela barbárie de algumas pessoas. A paz entre as torcidas deve sempre prevalecer. E que estes ‘torcedores’, que não representam os clubes e torcidas, paguem pelos seus atos”, publicou o clube em suas redes sociais.

LEIA TAMBÉM: Ônibus com torcedor espancado havia recusado escolta até estádio, diz PM

O Alviverde também publicou nota de repúdio em seu site oficial (leia abaixo ). O Coritiba ainda informa que auxiliou os investigadores na identificação dos suspeitos.

O presidente Rogério Bacellar e os demais diretores do Coritiba não concederam entrevistas sobre a briga. Segundo a assessoria de imprensa do Coxa, o episódio aconteceu fora do estádio e, portanto, é um caso de polícia.

Já o técnico Pachequinho lamentou o fato registrado. “Com muita tristeza, esses episódios só mancham o futebol brasileiro e eu vejo que são situações que não podem acontecer. Espero que um dia isso acabe”, afirmou após o jogo.

Leia a nota publicada no site oficial do Coritiba:

O Coritiba Foot Ball Club lamenta e repudia o ocorrido na manhã deste domingo (18), fora do estádio Couto Pereira, antes do jogo entre Coxa e Corinthians, na oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Os fatos dão conta que uma briga entre membros de torcidas organizadas resultou em vários torcedores feridos.

Em nome da decência, o clube manifesta sua reprovação aos fatos ocorridos. Além disso, o Coritiba declara sua postura de absoluta colaboração para as investigações e demais esclarecimentos a fim de punir os envolvidos por tal conduta reprovável.

O Coritiba está em contato constante com a Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) buscando contribuir. Inclusive, com a colaboração do clube, um dos suspeitos de participar deste ato foi preso dentro do Couto Pereira, durante a partida

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE