Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

copa do brasil

Parnahyba detona juiz da eliminação para o Coritiba: “Veio nos roubar em casa”

Presidente do clube do Piauí reclamou dos acréscimos dados pelo árbitro. Gol do Coxa saiu no último lance

  • Julio Filho
 | WILSON FILHO/FUTURA PRESS
WILSON FILHO/FUTURA PRESS
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O presidente do Parnahyba, Batista Filho, atrelou a eliminação do time piauiense na primeira fase da Copa do Brasil para o Coritiba, quarta-feira (7), em Teresina, à arbitragem do goiano André Luiz de Freitas Castro.

O Coxa empatou com um gol do lateral-esquerdo William Matheus no último minuto de jogo. Antes, no lance anterior, o Coritiba reclamou de um gol do atacante Alecsandro, mas, segundo a arbitragem, a bola não cruzou totalmente a linha. Com o resultado, o Coritiba avançou de fase.

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

“Mão pequena não. Foram as duas mãos que tiraram a classificação do Parnahyba. Estragaram o ano inteiro do clube”, desabafou o mandatário, em entrevista ao Globoesporte.com, ainda na beira do gramado, após a eliminação.

“Quem paga o prejuízo? Ninguém. Ele [juiz] vai sair tranquilo, escoltado pela polícia, vai para casa, e o Parnahyba comprometido por um irresponsável que veio nos roubar dentro da nossa casa”, prosseguiu Filho.

O presidente reclama dos acréscimos dados pelo árbitro - o jogo teve sete minutos adicionais na segunda etapa – e da expulsão do meia Marcos Gasolina.

“Pelos acréscimos dele, já tinha acabado. Infelizmente a gente vê esse tipo de coisa em pleno século XXI. A expulsão do Gasolina, pra mim, foi totalmente injusta Se fosse do outro lado, ele nem teria dado”, prosseguiu.

“Dentro do nosso estado, os caras vêm achando que são grandes, o árbitro vem achando que não temos representatividade”, terminou.

Batista Filho já havia polemizado sobre o duelo com o Coritiba ainda antes da partida. Assim que a CBF sorteou o Coxa como adversário, ele revelou alívio por encarar a equipe de Sandro Forner. “Era o que eu queria”, disparou.

VEJA TAMBÉM:

>> TABELA PARANAENSE 2018: confira a classificação e os próximos jogos

>> BRASILEIRÃO 2018: veja a tabela completa da Série A

>> SÉRIE B: confira a tabela completa da Segundona

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE