Blog / 

Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

FBI alega ter perdido 5 meses de trocas de mensagens entre funcionários do alto escalão acusados de viés contra Trump

O FBI da gestão Obama está sob fortes suspeitas, e elas ganharam muita força agora, que a própria entidade alega não ter disponível cinco meses de trocas de mensagens de email entre os funcionários do alto escalão acusados pelos republicanos de viés contra Trump durante as eleições.

Os funcionários, Peter Strzok e Lisa Page, têm sido os alvos principais das denúncias republicanas, após uma rodada prévia de mensagens divulgadas pelo Departamento de Justiça que revelam hostilidade contra Trump. O presidente não perdeu tempo e já tuitou hoje cedo:

Para Trump, trata-se de uma das maiores notícias em muito tempo. Como pode o FBI ter perdido cinco meses de mensagens? Seria um caso de muita incompetência? Pouco provável, mas nessa melhor das hipóteses a imagem da instituição não fica muito boa. Na pior delas, e mais provável, fica ainda pior: há um viés criminoso partidário dentro do FBI.

Para quem acompanha a política americana mais de perto, e longe da CNN (Clinton News Network), nenhuma surpresa. Recai sobre o governo Obama a suspeita de aparelhamento das instituições republicanas para perseguir opositores, como no caso mais famoso do IRS, a Receita Federal, que fez uma “caça às bruxas” contra conservadores.

Esse é o modus operandi da esquerda no mundo todo. Apreço pelo republicanismo não é bem seu forte. Os esquerdistas se consideram “ungidos” em busca de “um mundo melhor”, e para tão nobre fim vale qualquer meio. Respeitar a isonomia republicana seria quase uma afetação de moralismo burguês para essa turma.

O leitor não verá uma cobertura sobre esse escândalo na imprensa brasileira, que parece obcecada em demonizar Trump e idolatrar seu antecessor, apesar dos resultados medíocres de sua gestão. Aqui nos Estados Unidos a mídia mainstream também fará pouco caso da história bizarra, com a exceção da Fox News, onde ainda há jornalismo sério.

Como no caso de Sean Hannity, por exemplo, que fez uma profunda reportagem sobre o escândalo envolvendo o suposto viés partidário do FBI. Infelizmente não há legenda, e são muitos detalhes. Mas quem tiver interesse em conhecer um pouco melhor os métodos democratas, e para quem o inglês não for uma barreira, recomendo fortemente esse programa:

Não custa lembrar que Nixon caiu pelo escândalo do Watergate, pois teria feito escutas ilegais para espionar adversários políticos. Diante do que pode ter sido o uso do FBI e outras entidades pelos democratas sob Obama, o Watergate poderá parecer brincadeira de aprendiz, de escoteiro mirim.

Mas claro, você nunca saberá nada disso se acompanhar política americana pela lente ideológica de Guga Chacra, Caio Blinder, Adriana Carranca e tantos outros “progressistas” que não suportam Trump, adoram Obama, e viraram líderes de torcida em vez de analistas sérios…

Rodrigo Constantino

PUBLICIDADE

Sobre / 

Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito