PUBLICIDADE
Vários moradores ficaram desalojados na Região Metropolitana de Curitiba por causa das fortes chuvas |
Vários moradores ficaram desalojados na Região Metropolitana de Curitiba por causa das fortes chuvas
mau tempo

Chuva causa mortes e estragos no Paraná; veja fotos e vídeos

Situação mais crítica é na cidade de Sengés, no Norte Pioneiro. Município está isolado depois da queda de pontes e de estradas. Três pessoas estão desaparecidas

  • Atualizado em às

Chuva causa mortes e estragos no Paraná; veja fotos e vídeos Ampliar

A forte chuva que caiu durante a madrugada deste sábado (30) provocou três mortes na região Norte do Paraná, além de causar vários estragos em diversas regiões do estado. A situação mais complicada é na cidade de Sengés, no Norte Pioneiro. Três pessoas estão desaparecidas.

A cidade está completamente isolada por terra e sem comunicação via telefone ou rádio, segundo a defesa civil do Paraná. Sengés sofreu ainda alagamentos e deslizamentos provocados pelo aumento do nível de córregos.

Segundo informações da Agência Estadual de Notícias (AEN) o governador Roberto Requião (PMDB) irá, na manhã deste domingo (31), visitar os municípios mais afetados da região. O governador sobrevoará a região para verificar, pessoalmente, a extensão dos danos das enchentes.

Na Região Metropolitana de Curitiba também foram registrados estragos em Almirante Tamandaré, Colombo, Pinhais, Piraquara e Campo Magro. Na capital, casas do bairro Pilarzinho ficaram alagadas com a cheia do Rio Barigui.

Norte Pioneiro

Neste sábado (30), a cidade paranaense de Sengés, no Norte Pioneiro, ficou totalmente isolada. Na quinta-feira (28) as fortes chuvas abriram uma cratera na PR-239 entre o município paranaense e Itararé-SP. Durante a madrugada deste sábado houve queda de outra ponte em Sengés que faz a ligação com Jaguariaíva e duas pessoas morreram afogadas. De acordo com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil durante a manhã deste sábado era difícil até o contato por telefone com a cidade.

Segundo informações do telejornal ParanáTV, 1.ª edição, na cidade de São José da Boa Vista cerca de 3 mil pessoas ficaram isoladas, em razão das fortes chuvas. A prefeitura afirmou que mais de 50 pontes foram destruídas no município. Em Jaguariaíva foram registrados deslizamentos e quedas de barreiras nas rodovias. A Defesa Civil informou que 20 casas sofreram estragos durante a madrugada na cidade.

O governo estadual, por meio da Defesa Civil, mobilizou dois helicópteros e equipes do Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa e do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost), que montaram base no município vizinho de Jaguariaíva para levar ajuda à população de Sengés.

Em Arapoti, nove residências foram atingidas e duas quedas de árvores foram registradas na cidade. Os municípios de Ibaiti, Tomazina e Pinhalão também sofreram com alagamentos. A cidade de Tomazina ficou ilhada. O Rio das Cinzas subiu 10 metros e deixou dezenas de famílias desabrigadas. As pessoas foram levadas para escolas do município.

Região Metropolitana

O temporal também causou estragos na região de Curitiba. Foram registrados alagamentos e deslizamentos de terras em estradas que ligam a capital as outras cidades da região. Em Campo Magro a PR-090, conhecida como Estrada do Cerne, foi completamente interditada nos kms 15 e 37. De acordo com a Defesa Civil, uma cratera se abriu no meio do asfalto e não há previsão de quando a estrada será liberada. Também aconteceram três pontos de quedas de barreira na rodovia.

A chuva não causou apenas transtornos para os motoristas em Campo Magro. O temporal da madrugada causou estragos em 150 casas da cidade. Oitenta famílias ficaram desabrigadas e foram levadas para escolas do município. Outras 100 pessoas ficaram desalojadas.

Na cidade de Almirante Tamandaré, a Rodovia dos Minérios também alagou e foi interditada. O prefeito da cidade, Vilson Goinski (PMDB), decretou estado de emergência. O terminal de ônibus do Centro ficou alagado e foi interditado durante a manhã deste sábado. Os bairros mais atingidos foram o Centro, Tranqueira e Bonfim. "Esse é um dos maiores alagamentos da história da cidade. Ninguém se lembra de outro igual", afirmou Goinski.

Os moradores que tiverem alguma situação de emergência podem ligar para os telefones 193 e 3699-1232 da Defesa Civil. Também está disponível o telefone da central de ambulância de Almirante Tamandaré 3657-1515 e do secretário municipal de Ação Social, Adilson Pavoni, 9632-2370.

Na cidade de Colombo houve queda de duas pontes de acesso nos bairros Morro Grande e Campestre. "As ruas ficaram destruídas. Ninguém consegue sair para o Centro de Colombo. Estamos praticamente ilhados aqui, ninguém foi trabalhar neste sábado", afirmou a moradora Marina Bontorin. Nas cidades de Pinhais e Piraquara também foram registrados pontos de alagamentos no Jardim Cláudia e Jardim Tropical, respectivamente. Em Piraquara, o prefeito Gabriel Samaha, o Gabão (PPS), decretou estado de emergência por causa dos alagamentos.

“A barragem do Iraí está vazando pelo ladrão e alagou toda a região do Jardim Tropical. A água está a quase um metro dentro da casa das pessoas", afirmou o prefeito Gabão. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, cerca de 250 famílias foram atingidas pelos alagamentos. O prefeito cobra ações do estado para tentar diminuir os problemas de enchentes na região.

“Precisa ser feito um trabalho preventivo por parte da Suderhsa [Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental do Paraná] e da Sanepar para fazer uma dragagem dos rios, pois essa não será a última vez que terá alagamentos na região”, definiu o prefeito.

As famílias desabrigadas recebem atendimento da Ação Social e foram levadas para três escolas municipais da região, para a associação dos moradores do Jardim Tropical e para casas de parentes.

Estradas

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a BR-476 (Estrada da Ribeira) está com, pelo menos, oito quedas de barreiras na manhã deste sábado. O tráfego é parcial em vários desses trechos, porém, ainda de acordo com a central de operações da PRF, o tráfego está liberado apenas para automóveis. Alguns ônibus de linha percorrem trechos parciais obrigando as pessoas a fazerem baldeações com outros ônibus que vêm em sentido oposto.

Já o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual informou que várias rodovias estaduais foram afetadas. Até a tarde deste sábado a situação era a seguinte: PR-151 - Ponta Grossa - Sengés / Itararé/SP: Quedas de barreira nos kms 200 e 185 e queda de barreira na SP-239, km 8.

Na PR-090 (Estrada do Cerne) no km 15 existe uma cratera com aproximadamente 7 metros. O desvio está sendo feito por Campo Magro. No km 27 parte do asfalto baixou e o tráfego segue liberado em meia pista. Nos kms 37 e 39 - trecho sem pavimentação - a passagem está bloqueada, sendo que nesses trechos o desvio está sendo realizado por Bateias.

Sem abastecimento

O temporal da madrugada deste sábado também afetou o funcionamento dos sistemas de abastecimento de água nas cidades de Almirante Tamandaré, Colombo e Itaperuçu, na região de Curitiba, e das cidades de Corbélia, Ibaiti, Pinhalão, Tomazina, Turvo, Piên e Wenceslau Brás, no interior do estado.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO