PUBLICIDADE
Estimativa - IBGE

Curitiba chega a 1,8 milhão de habitantes

Capital ganhou 30 mil moradores em um ano, segundo estimativa do IBGE. É o quarto maior crescimento entre as cidades mais populosas do país

A população da cidade de Curitiba aumentou em mais de 30 mil pessoas entre 2007 e 2008 e ultrapassou a marca dos 1,8 milhão de habitantes. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou nesta sexta-feira (29) a estimativa das populações residentes em todos os 5.565 municípios brasileiros para o dia 1º de julho de 2008.

O número exato da estimativa para a capital paranaense é de 1.828.092, 1,7% a mais que o calculado em 2007, quando a população curitibana considerada era de 1.797.428. Para se ter uma idéia, os 30.684 novos habitantes são mais do que toda a população da cidade de Goioerê, no Centro-Oeste do Paraná, que é de 29.732, de acordo com o mesmo estudo. O crescimento é o quarto maior observado entre as cidades mais populosas do país. Brasília registrou aumento de mais de 4% na população, enquanto Salvador teve elevação de 1,9% no número de habitantes e Fortaleza, 1,73%.

A capital paranaense se mantém como a sétima cidade mais populosa do país desde 2000, atrás de São Paulo (10.886.518), Rio de Janeiro (6.093.472), Salvador (2.892.625), Brasília (2.455.903), Fortaleza (2.431.415) e Belo Horizonte (2.412.937).

Para chegar aos novos resultados populacionais, o IBGE realizou um estudo empregando metodologia que concilia censos anteriores e o Método das Componentes Demográficas, ferramenta que visa obter as estruturas esperadas por sexo e idade das populações com base no conhecimento da dinâmica demográfica do país, procurando obter coerência entre os censos e contagens dos anos 1980, 1991, 1996, 2000 e 2007.

As estimativas populacionais, que são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários, servem também como parâmetro para a distribuição, destinada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), das quotas relativas ao Fundo de Participação de Estados e Municípios, de acordo com o dispositivo constitucional.

As estimativas são divulgadas anualmente em uma tabela com a população estimada em 1º de julho de 2008 para cada um dos 5.565 municípios brasileiros e é publicada no Diário Oficial da União até 31 de agosto de cada ano. Está previsto, ainda, que até 20 dias após a publicação das estimativas, interessados podem apresentar reclamações fundamentadas ao IBGE, que decidirá conclusivamente. Em seguida, até 31 de outubro de cada ano, o IBGE encaminha as estimativas ao TCU.

Brasil

Segundo as estimativas, o Brasil tem atualmente 189,6 milhões de habitantes em 5.565 municípios, que inclui o novo município de Nazária (PI). Na base do ranking populacional, Borá (SP) continua sendo o município com a menor população do País, estimada em 834 habitantes, 39 a mais que em 2000. Somente Borá e Serra da Saudade (MG), com 889 habitantes, continuam com menos de mil habitantes. A cidade de Anhanguera (GO) passou de 966, em 2007, para 1.007 moradores, em 2008, segundo a estimativa.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Assine a Gazeta do Povo
      • A Cobertura Mais Completa
        Gazeta do Povo

        A Cobertura Mais Completa

        Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

        Tudo isso por apenas

        6x de
        R$58,20

        Assine agora!
      • Experimente o Digital de Graça
        Gazeta do Povo

        Experimente o Digital de Graça!

        Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

        Plano Digital com
        Primeiro Mês Grátis

        5x de
        R$29,90

        Quero Experimentar
      VOLTAR AO TOPO