Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

Polícia Federal

Denúncia de pedofilia agora pode ser feita pela internet

Formulário online torna mais rápido o recebimento de denúncias de pornografia infantil, além de crimes raciais, preconceitos contra minorias e incentivo ao genocídio, praticadas por meio da internet

  • Atualizado em às
Formulário online na página do site da Polícia Federal permite fazer denúncias contra pornografia infantil, crimes de ódio e genocídio |
Formulário online na página do site da Polícia Federal permite fazer denúncias contra pornografia infantil, crimes de ódio e genocídio
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A partir desta quinta-feira (12), o cidadão tem uma nova ferramenta para combater a pedofilia na internet. A Polícia Federal ( PF), em parceria com a SaferNet Brasil, lançou um formulário online para tornar mais rápido o recebimento de denúncias de pornografia infantil, além de crimes raciais, preconceitos contra minorias e incentivo ao genocídio, praticadas por meio da internet.

Os internautas que verem conteúdos suspeitos poderão denunciar anonimamente as páginas eletrônicas no site do Departamento da Polícia Federal ( www.dpf.gov.br). Esse novo sistema centralizará as denúncias, fará uma filtragem automática e evitará uma duplicidade dos registros dos possíveis crimes. Antes, todo esse procedimento era realizado manualmente. A ferramenta potencializa no mínimo em dez vezes o recebimento das denúncias, disse o delegado da PF Stenio Santos. "Muitos casos que nos chegam não são pornografia infantil. Por isso, a página terá uma breve explicação a respeito de cada um dos crimes. Além disso, o site apresenta um campo para que o denunciante coloque o link da página suspeita e uma caixa de comentário, caso o internauta queira dar detalhes da acusação", explica o delegado. "A participação de todos na proteção da criança é um dever constitucional, afirmou ele.

A internet não é a vilã, é um espaço público onde se manifestam diversos tipo de comportamento, assinala o diretor de prevenção da SaferNet Brasil, Rodrigo Nejm. A SaferNet disponibiliza em sua página eletrônica ( www.safernet.org.br) dicas para os pais, educadores e os jovens usarem a internet de maneira saudável.

A SaferNet Brasil é uma associação civil de direito privado, com atuação nacional, sem fins lucrativos ou econômicos que ajuda no combate de crimes e violação dos direitos humanos via internet. As denúncias são analisadas pela associação, que é responsável pelo recebimento, processamento e encaminhamento para a Polícia Federal. Só no mês passado, a SaferNet recebeu 3017 denúncias de páginas com conteúdo de pornografia infantil.

Na próxima semana, o Disque100 da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República adotará um sistema similar em sua página na internet.

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais