Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

educação

Empresa júnior de Maringá é eleita a melhor do Brasil

Adecon também ficou no primeiro lugar durante conferência nacional no ano passado

Adecon é formada por 39 alunos de três cursos da UEM: Administração, Ciências Contábeis e Econômicas |
Adecon é formada por 39 alunos de três cursos da UEM: Administração, Ciências Contábeis e Econômicas
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A Adecon Consultoria Empresarial da Universidade Estadual de Maringá (UEM) foi eleita a melhor empresa júnior do Brasil. A premiação ocorreu na semana passada, durante o Junior Enterprise World Conference (JEWK), em Paraty, no Rio de Janeiro. O encontro é considerado o maior evento de empresários juniores do mundo e contou com a participação de 2.000 universitários de diversas localidades.

A Confederação Brasileira de Empresas Juniores utiliza um método chamado Sistema de Medição de Desempenho (SMD) para avaliação dos resultados em âmbito nacional. São avaliados sete setores das empresas: financeiro, estratégico, pessoas, mercado, movimento, sociedade e projetos.

A Produtora Júnior, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e a PJ Consultoria e Assessoria, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ficaram na segunda e terceira posição, respectivamente. No ano passado, durante a conferência nacional de empresas júnior, em Foz do Iguaçu, a Adecon também foi eleita a melhor do país.

Adecon

A Adecon é formada por alunos de três cursos da UEM: Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas. Todos os 39 funcionários são voluntários. “A ideia é que já na graduação sejamos donos de uma própria empresa”, explica o presidente da Adecon, Matheus Doná.

Ele é aluno do terceiro ano de Administração e, aos 20 anos, preside a primeira empresa da carreira. “Foi a maior oportunidade que tive até hoje”, disse. “No mercado não basta só a formação acadêmica. A Adecon serve como uma complementação acadêmica, já estudei muita cosia do último ano [são cinco] e me sinto preparado.”

Segundo Doná, a empresa tem um plano de carreira rápido. Ele entrou na empresa em 2010, como consultor, foi promovido em 2011 para fazer parte da direção e, em 2012, se tornou presidente. Ao final da gestão, em 2012, Doná deixa a presidência para outro aluno e se tornará conselheiro da Adecon.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais