Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Curitiba

Morre o presidente da Celepar Vanderlei Iensen

O governador Orlando Pessuti decretou luto oficial de três dias. O local do sepultamento ainda não foi definido pela família

  • Gladson Angeli
Iensen tinha 44 anos e há sete meses foi diagnosticado com leucemia |
Iensen tinha 44 anos e há sete meses foi diagnosticado com leucemia
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Morreu na tarde desta quarta-feira (2) em Curitiba o presidente da Companhia de Informática do Paraná (Celepar), Vanderlei Falavinha Iensen, 44 anos. Há sete meses ele foi diagnosticado com leucemia e já havia passado por um transplante de medula. No domingo (30) foi internado no Hospital Nossa Senhora das Graças no com um quadro de pneumonia. Por volta das 16 horas desta quarta, Iensen sofreu uma parada cardíaca. Formando em administração de empresas, Iensen ocupava a presidência da Celepar desde dezembro de 2008. Foi deputado estadual entre 2003 e 2007 e assessor especial do governador Roberto Requião (2004-2008). Na Assembleia Legislativa, Iensen foi relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Companhia Paranaense de Energia (COPEL) entre 1995 e 2002, que investigou irregularidades na administração da estatal.

O governador Orlando Pessuti (PMDB) decretou luto oficial por três dias. Pelo Twitter, Requião lamentou a morte do colega. “Dor pesada, lancinante. Morreu meu amigo e excepcional sujeito”, escreveu.

Iensen era casado e tinha duas filhas. Ele era filho do pastor Mateus Iensen e de Mersedes Falavinha. O corpo será velado na Igreja Assembleia de Deus, na Avenida Senador Xavier da Silva, 467, no bairro Centro Cívico. Ainda não foi confirmado o horário e o local do sepultamento.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE