Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

Operação Hashtag

Oito suspeitos de planejar atentados terroristas na Rio-2016 são indiciados

Os indiciados podem responder por crimes de associação e criminosa e promoção de organização terrorista, cujas penas somadas podem chegar a 11​ anos de reclusão

  • Agência O Globo Estadão Conteúdo
 | Fernando Frazão/Agência Brasil/Arquivo
Fernando Frazão/Agência Brasil/Arquivo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A Polícia Federal concluiu nesta segunda-feira o inquérito da Operação Hashtag e indiciou mais oito investigados, além dos oito que já foram denunciados pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal. Os indiciados podem responder por crimes de associação e criminosa e promoção de organização terrorista, cujas penas somadas podem chegar a 11​ anos de reclusão.

A primeira fase da Hashtag foi deflagrada em julho do ano passado, semanas antes da Olimpíada do Rio. Na ocasião, dez brasileiros foram presos suspeitos de compor uma célula terrorista internacional do Estado Islâmico. Oito dos envolvidos já são réus e respondem por crimes como promoção de organização terrorista, associação criminosa, corrupção de menores e recrutamento para organização terrorista. Todos estão presos na Penitenciária Federal de Campo Grande (MS). Trata-se da primeira ação envolvendo terrorismo no Brasil.

As investigações duraram dez meses de investigação, foram cumpridos 74 mandados​ judiciais, sendo 26 de busca e apreensão domiciliar, 40 de prisões​ temporárias e preventivas e oito de condução coercitiva.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais