Vida e Cidadania

Fechar
PUBLICIDADE

chuva

Rio Iguaçu continua subindo em União da Vitória; mais 200 saem de casa

No total, aproximadamente 500 famílias tiveram que deixar as casas na cidade; segundo a defesa civil, rio pode subir mais 10 cm nesta segunda

  • Atualizado em às
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Moradores de União da Vitória, na região Sul do Paraná, estão em alerta por causa do aumento do nível do Rio Iguaçu. A cidade está alagada desde a última semana de abril, quando fortes chuvas atingiram o estado. No fim de semana, o nível do rio chegou a 7 metros na cidade.

Dez bairros de União da Vitória estão alagados. Aproximadamente 500 famílias tiveram que deixar as casas, sendo que 200 saíram das casas nos últimos três dias, de acordo com o RPC Notícia. Segundo a Defesa Civil, a cidade está com 545 pessoas desabrigadas (aquelas que vão para abrigos públicos) e 907 desalojadas (aquelas que vão para a casa de parentes). No município, há oito abrigos públicos em funcionamento.

De acordo com a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, o nível do rio ainda pode subir dez centímetros nesta segunda-feira (10) e outras regiões da cidade podem ficar alagadas.

Segundo o órgão, as cidades de General Carneiro e Rio Negro, além de União da Vitória, ainda tinham pessoas desabrigadas. Em Rio Negro, o nível do rio ainda está 5,3 metros acima do normal. As cheias atingiram 1380 pessoas e 20 famílias continuam desabrigadas.

Balanço

Entre 21 e 27 de abril, período em que as chuvas caíram no estado, 287.186 pessoas foram atingidas em 56 municípios, segundo a Coordenadoria Estadual da Defesa Civil divulgou que o último boletim na tarde de sexta-feira (7). Foram afetadas 5.158 residências, que deixaram 4.498 pessoas desabrigadas (aquelas que vão para abrigos públicos) e 31.771 desalojadas (aquelas que vão para a casa de parentes).

Ao todo, 13 cidades decretaram situação de emergência: Pinhais, Piraquara, Prudentópolis, Colombo, Manfrinópolis, Francisco Beltrão, Guaratuba, Rio Negro, General Carneiro, Salto do Itararé, Marmeleiro, Rebouças e Santa Tereza do Oeste;

Municípios afetados

As 56 cidades que foram afetadas pelas chuvas foram: Almirante Tamandaré, Araucária, Antonio Olinto, Barracão, Bela Vista da Caroba, Bom Jesus do Sul, Bom Sucesso do Sul, Braganey, Campina Grande do Sul, Campo Mourão, Candói, Cascavel, Céu Azul, Chopinzinho, Colombo, Coronel Vivída, Curitiba, Flor da Serra do Sul, Francisco Beltrão, General Carneiro, Guamiranga, Guaratuba, Imbituva, Irati, Lindoeste, Manfrinópolis, Manoel Ribas, Marmeleiro, Marechal Cândido Rondon, Morretes, Palmas, Pato Branco, Paranaguá, Piraquara, Pinhais, Pinhão, Porto Amazonas, Prudentópolis, Quatro Barras, Rebouças, Realeza, Rio Branco do Sul, Rio Negro, Salgado Filho, Salto do Lontra, Santa Tereza do Oeste, São Jorge do Oeste, São José dos Pinhais, São João, São Mateus do Sul, Saudade do Iguaçu, Teixeira Soares, Toledo, Vera Cruz do Oeste, Verê e União da Vitória.

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Vida e Cidadania

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais