PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Agricultura
  3. Cargill investirá R$ 550 milhões para fabricar no Brasil ingrediente natural
produto premium

Cargill investirá R$ 550 milhões para fabricar no Brasil ingrediente natural

Unidade vai produzir agente texturizante à base de frutas cítricas usado na produção de bebidas lácteas

Jonathan Campos/Gazeta do Povo Nova fábrica irá produzir polissacarídio feito a partir da laranja, que é usado como texturizante em bebidas lácteas. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

Nova fábrica irá produzir polissacarídio feito a partir da laranja, que é usado como texturizante em bebidas lácteas.

  • Da Redação

A multinacional Cargill, maior empresa de alimentos do mundo, anunciou investimentos para fortalecer e diversificar o seu portfólio de pectina, uma substância de origem vegetal usada como agente texturizante em diversos alimentos. Além de melhorias em suas fábricas na Alemanha, França e Itália, a empresa irá construir uma nova planta industrial no Brasil, ao custo de R$ 550 milhões.

A nova fábrica irá produzir a pectina HM, um polissacarídeo à base de frutas cítricas usado na produção de compotas, sucos e bebidas lácteas. A ideia é aumentar a oferta de pectina premium para clientes de todo o mundo. Segundo a Cargill, a demanda por ingredientes de origem natural é crescente.

O projeto é da divisão europeia da Cargill, que não divulgou mais detalhes sobre a fábrica, a não ser de que a construção iniciará em março de 2019. O local da planta fabril também não foi divulgado, mas deve ser próximo ao cinturão citrícola – área que concentra a maior produção de laranja do país, entre os estados de São Paulo e Minas Gerais.

Segundo a Cargill, por razões estratégicas, a companhia não informa qual a estimativa de empregos que serão gerados com o novo investimento. A área total da nova fábrica também não está definida, conforme a empresa.

A Cargill está presente em 70 países atualmente. No Brasil, onde entrou em 1965, possui hoje unidades fabris em 17 estados, que somam mais de 10 mil funcionários.

Siga o Agronegócio Gazeta do Povo

8 RECOMENDAÇÕES PARA VOCÊ

VOLTAR AO TOPO

NOTÍCIAS POR CULTURA