Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A partir deste ano, a lista de destinos para a carne de frango produzida no Brasil deve ter um estreante: o México. O país, que abriga uma das cidades mais populosas do mundo, enviou esta semana ao Brasil um documento no qual aprova as condições sanitárias adotadas pelos frigoríficos nacionais. Com isso, as empresas poderão embarcar o produto imediatamente. Além da carne, o Brasil poderá enviar ovos férteis, afirma o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O órgão brasileiro diz que a abertura do mercado faz parte da estratégia do governo em conquistar novos destinos para o agronegócio brasileiro na América Latina. A carne de frango é um dos principais produtos do setor que sustenta o superávit na balança comercial. Nos primeiros seis meses deste ano, 1,8 milhão de toneladas da carne deixaram o país rumo ao mercado internacional. O volume gerou uma receita total US$ 3,8 bilhões, 7,9% mais em relação ao mesmo período do ano passado. Maior produtor nacional, o Paraná lidera o ranking brasileiro de vendas externas do produto.

Potencial

640 mil toneladas é quanto os mexicanos devem importar de carne de frango neste ano, conforme projeção do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda). Volume vem crescendo a taxas de 30 toneladas por ano nos últimos três anos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]