i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
para inglês ver

Emissora de TV inglesa rasga elogios à agricultura brasileira; assista

BBC foi a uma cidade do interior do Mato Grosso apresentar como o agronegócio vem sustentando o PIB nacional

  • PorDa redação
  • 05/09/2017 11:23
Colheita de soja em Nova Mutum: cidade triplicou população nos anos graças à agricultura | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Colheita de soja em Nova Mutum: cidade triplicou população nos anos graças à agricultura| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

No dia 1º de setembro, o telejornal BBC World News divulgou uma reportagem que destaca o desenvolvimento do agronegócio brasileiro. “Se a agricultura brasileira fosse um país, ela seria a nação com o crescimento mais rápido do planeta”, destaca a reportagem.

Correspondente da TV londrina, Daniel Gallas foi à Nova Mutum para fazer a matéria e apresentou alguns dados do crescimento do agronegócio, com o crescimento de 13% do PIB Agro no primeiro trimestre.

“Nossa agricultura é a salvadora da pátria neste ano. Dos pequenos aos grandes agricultores estamos superando os tempos difíceis”, disse na reportagem Adriano Pivetta, produtor rural e prefeito de Nova Mutum.

A cidade, sustentada pela agricultura, triplicou a população na última década e tem algumas das melhores escolas públicas do país, segundo a reportagem.

Apesar disso, a TV britânica também destacou o principal empecilho do desenvolvimento agrícola: a infraestrutura de transportes.

“Os caminhões demoram dias para chegar aos portos e isso faz com que os produtos brasileiros fiquem 10% mais caros”, afirmou na matéria o correspondente Daniel Gallas.

A estimativa apresentada é que, se houvesse mais ferrovias, poderiam ser economizados US$ 30 bilhões por ano com custos logísticos.

Assista à matéria, divulgada no Facebook da prefeitura de Nova Mutum: 

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.