Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Irajá Abreu (PSD-TO) disse não ao pedido de impeachment  de Dilma Rousseff (PT) neste domingo (17) citando “respeito à democracia” | SAULO CRUZ/SAULO CRUZ
Irajá Abreu (PSD-TO) disse não ao pedido de impeachment de Dilma Rousseff (PT) neste domingo (17) citando “respeito à democracia”| Foto: SAULO CRUZ/SAULO CRUZ

Em um rápido pronunciamento, o deputado Irajá Abreu (PSD-TO), filho da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, votou neste domingo (17) contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Mesmo com o PSD tendo orientado o voto a favor do pedido, Irajá atuou nos últimos dias, em parceria com sua mãe, para tentar conseguir votos favoráveis à Dilma na Câmara dos Deputados. O resultado da sessão foi a aprovação do pedido de impeachment.

Senadora licenciada pelo PMDB, Kátia Abreu se tornou uma das principais aliadas de Dilma, de quem é amiga pessoal. “Pelo Estado do Tocantins, em respeito à democracia, aos mais de 54 milhões de brasileiros que elegeram a presidente Dilma Rousseff o meu voto é não”, disse Irajá.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]