Chamado de Plataforma Integrada de Produtividade (PIN), a iniciativa já ocorria com as culturas de soja e milho verão, mas neste ano também teve o milho safrinha incorporado como uma categoria a parte. | Brunno Covello/Gazeta do Povo
Chamado de Plataforma Integrada de Produtividade (PIN), a iniciativa já ocorria com as culturas de soja e milho verão, mas neste ano também teve o milho safrinha incorporado como uma categoria a parte.| Foto: Brunno Covello/Gazeta do Povo

Mesmo em um ano de problemas climáticos, produtores paranaenses atingiram marcas de até 180 sacas de milho safrinha por hectare, em um concurso de produtividade promovido pela Syngenta no ciclo 2016. A premiação e a revelação dos campeões, com suas respectivas médias de produtividade, foram divulgadas no último fim de semana, em Comandatuba, na Bahia.

O prêmio Plataforma Integrada de Produtividade (PIN), iniciativa ligada ao Plano de Agricultura Sustentável da Syngenta (The Good Growh Plan), já ocorria com as culturas de soja e milho verão. Com a proporção que a segunda safra de milho vem tomando no país, a partir deste ano foi incluído o concurso de milho safrinha da Syngenta Sul. Participam desta fase agricultores de Mato Grosso do Sul e Paraná. Nessa primeira edição, com esse formato, participaram mais de 1,5 mil produtores.

Entrega do prêmio PIN milho safrinha em Comandatuba, na Bahia.Divulgação

O projeto começa com a seleção dos agricultores participantes. Eles compram os insumos indicados pelos técnicos da marca que promove o concurso. Então, toda a assistência técnica e uma atenção especial a essas áreas é disponibilizada aos participantes. Em geral, uma parcela das propriedades é destinada para testes com essas variedades indicadas, que costumam ter um investimento maior do que as usadas convencionalmente.

William Weber, gerente de marketing da cultura milho para o Sul do Brasil, enfatiza o PIN é um desafio de produtividade que possui duas soluções, uma voltada mais para a qualidade e produtividade [Granotop] e a outra com mais foco na produtividade [Integrare]. As duas têm premiações distintas. “O PIN É como se fosse um guarda-chuva. Temos nossas soluções integradas e através dessas soluções é que produtores atingem maior produtividade”, explica.

Vencedores Granotop

- Elci Dalgalo - PR, com 180,91 sacas por hectare

- Jurandir Alexandre Lamb - PR, com 169,42 sacas por hectare

- Luiz Protis - PR, com 145,45 sacas por hectare

Vencedores Integrare

- Jairo J. Jagnow - PR, com 164,46 sacas por hectare

- Yoshikasu Murata - PR, com 154 sacas por hectare

- Kessley Reis Lima - PR, com 138,90 sacas por hectare

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]