Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Aniele Nascimento/Aniele Nascimento
| Foto: Aniele Nascimento/Aniele Nascimento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta sexta-feira (12) que a empresa Heinz Brasil SA recolha dos pontos de venda em todo o país um lote de molho de tomate. A informação consta em Diário Oficial e é assinada pelo diretor da Anvisa, José Carlos Magalhães da Silva Moutinho. O problema encontrado não foi detalhado no comunicado e nem pela empresa.

De acordo com o texto no Diário Oficial, o produto (lote L:25 20:54 M3-1) “molho de tomate com pedaços” está em “não conformidade com a resolução-RDC número 14, de 28 de março de 2014. Essa resolução determina como deve ser avaliada a presença de matérias estranhas indicativas de risco à saúde humana e/ou das boas práticas na cadeia produtiva de alimentos e bebidas.

A Anvisa, em nota, disse que “em decorrência das análises fiscais realizadas e dos resultados laboratoriais obtidos, a empresa Heinz Brasil S/A comunicou o recolhimento voluntário do estoque do lote L25 20:54 M3-1 existente no mercado”.

“Diante disso”, segue o documento, a “Agência Sanitária aprovou a resolução RE 1252/17, que determina a proibição da distribuição e comercialização do lote” do produto. Com a determinação, fica proibida a distribuição e comercialização do lote em questão em todo o território nacional.

A reportagem entrou em contato com a Heinz e aguarda retorno com o posicionamento da empresa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]