PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Agricultura
  3. Outras culturas
  4. Brasileiro “Rei da Cebolinha” no Japão quer liderar também na produção de mandioca
depoimento em vídeo

Brasileiro “Rei da Cebolinha” no Japão quer liderar também na produção de mandioca

Walter Toshio Saito levou o sistema de plantio “às meias” para a Terra do Sol Nascente e hoje lucra produzindo hortaliças com alta tecnologia e maquinário. Assista ao depoimento em vídeo.

Walter Saito Walter Saito faz selfie em estufa de cebolinhas no Japão | Walter Saito

Walter Saito faz selfie em estufa de cebolinhas no Japão

Paranavaí (PR) |

  • Marcos Tosi*

Ele nunca sonhou em ser agricultor, mas o nome do local de nascimento, Terra Boa, no Norte do Paraná, parecia indicar que Walter Toshio Saito teria uma ligação especial com a agricultura. A vocação foi descoberta quase por acaso e por um golpe do destino no outro lado do mundo, dez anos atrás.

Hoje apelidado de Rei da Cebolinha no Japão, com vendas anuais de US$ 3 milhões em hortaliças, Saito tornou-se agricultor depois da crise da bolha imobiliária americana de 2008. À época, a empresa de agenciamento de mão de obra que ele mantinha na terra do Sol Nascente estava endividada e com muitos trabalhadores parados.

Foi então que Saito percebeu uma possibilidade nos terrenos baldios na cidade de Kamisato, na província de Saitama. Ele arrendou as terras e fez parceria “às meias” com os trabalhadores brasileiros, com um diferencial: pesado investimento em maquinários. Saito plantou brócolis, espinafre, berinjela, alface, milho, mas “acertou a mão” mesmo foi no cultivo da cebolinha. E decidiu fazer o ciclo completo: do plantio à colheita, passando pela embalagem e comercialização.

Walter Saito

Mandioca se adaptou bem à região de Saitama no Japão

O dekassegui foi um dos palestrantes da Feira Internacional da Mandioca, realizada no mês passado, em Paranavaí, onde revelou que seu objetivo é ser líder na produção de mandioca no Japão. “Se vou produzir a mandioca, vou ser o melhor, vou ser o cara que vai ter que produzir a melhor mandioca, na maior quantidade e o melhor produto”, diz com confiança.

Assista ao vídeo do depoimento de Walter Toshio Saito ao editor Marcos Tosi durante a Fiman 2018.

* O jornalista viajou à Feira Internacional da Mandioca a convite da organização do evento.

Siga o Agronegócio Gazeta do Povo

8 RECOMENDAÇÕES PARA VOCÊ

VOLTAR AO TOPO

NOTÍCIAS POR CULTURA