Com o encerramento da colheita das culturas de inverno na região Sul, o Brasil coloca ponto final na safra 2016/17 registrando desempenhos extremos entre os principais cultivos. Enquanto os grãos de verão foram amplamente beneficiados pelo clima favorável durante a época de semeadura e desenvolvimento das plantas, com produções recordes para soja e milho, o trigo foi castigado pelo tempo irregular durante boa parte de 2017. A quebra no Brasil foi de 29,6%. Os detalhes e o impacto para o mercado estão no AgroReport desta semana.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]