Exoedição Safra percorre mais de 65 mil quilômetros a cada edição para conferir de perto todos os elos da cadeia produtiva do agronegócio. | Pedro Serapio/Gazeta do Povo
Exoedição Safra percorre mais de 65 mil quilômetros a cada edição para conferir de perto todos os elos da cadeia produtiva do agronegócio.| Foto: Pedro Serapio/Gazeta do Povo

Depois de passar pela Região Sul do Brasil e parte do Centro-Oeste, a Expedição Safra acompanha nos próximos dias a colheita das lavouras de soja e milho em Minas Gerais, São Paulo e Goiás. Esse é o terceiro roteiro na etapa de colheita da temporada 2016/17 do projeto técnico-jornalístico, que confere a produção de grãos no país. Nos três estados, a expectativa é de safra cheia por conta do clima favorável. O roteiro será cumprido entre esta quinta-feira (2) e o próximo dia 7 de março.

Durante o percurso, a equipe visita produtores, sindicatos e cooperativas para coletar informações e verificar o potencial produtivo estimado no plantio.“Os três estados juntos têm importância no equilíbrio da produção nacional e os produtores estão animados por conta do clima ter colaborado para o desempenho das lavouras. Vamos a campo agora confirmar os resultados”, destaca o integrante da Expedição Safra, Flávio Bernardes. O roteiro começa por São Paulo, que tem potencial para colher 2,60 milhões de toneladas de soja e 2,70 mi ton de milho verão.

Após passar pelos municípios paulistas de Itaberá e Cândido Mota, a Expedição segue para Uberaba e Uberlândia, em Minas, que sustenta potencial produtivo de 4,28 milhões de toneladas de soja e 5,70 mi ton de milho verão. O roteiro termina em Goiás, nas cidades de Itumbiara e Rio Verde. A produção goiana deve chegar a 10,8 milhões de toneladas da oleaginosa e 9,9 mi ton do cereal.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]