Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Michel Willian/GAZETA DO POVO
| Foto: Michel Willian/GAZETA DO POVO

A Expedição Safra 2018/2019 apresenta nesta sexta-feira (5) durante a ExpoLondrina o balanço com as principais conclusões da etapa nacional do projeto, que percorreu os 12 principais estados produtores para fazer o levantamento dos desafios enfrentados pelos produtores brasileiros, que neste ano enfrentaram problemas com estiagem. O evento será realizado no Auditório Milton Alcover, às 8h30 da manhã.

Na ocasião, serão debatidas as oportunidades e desafios encontrados nos estados ao longo da temporada, tendências climáticas, o desempenho do ciclo paranaense de verão e as apostas para o ciclo de inverno. Os temas serão apresentados pelo coordenador da Expedição Safra, Giovani Ferreira, pelo chefe do Departamento de Economia Rural da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Deral/Seab), Salatiel Turra, pelo supervisor de assistência técnica e Agricultura de precisão da Cooperativa Castrolanda, Roberto Simão de Carli, pelo meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Inmet/Mapa), Luiz Renato Lazinski, e pelo gerente da Caixa Econômica Federal Luiz Gastão Pinto Júnior.

Neste ano, apesar da estiagem em algumas regiões produtoras e alagamentos em algumas regiões do Rio Grande do Sul, a safra de soja deverá ser basicamente a mesma do ano passado, ou seja, 115,8 milhões de toneladas, segundo estimativa da própria Expedição Safra. No milho, a safra deverá ser de 90 milhões de t. No caso da soja, mesmo com as perdas na lavoura, o aumento da área plantada deve compensar a redução do volume total inicialmente esperado, que chegou a 125 milhões de t.

Os números finais previstos pela Expedição estão em linha com a projeção feita pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que falou sobre o ciclo atual em entrevista exclusiva à Expedição recentemente.

Na etapa nacional, os estados visitados pelos jornalistas e técnicos do projeto foram: Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Maranhão, Tocantins, Bahia e Piauí. A Expedição também passou pelos Estados Unidos e ainda terá pela frente o trecho do Paraguai, Argentina e Uruguai. Posteriormente, cumprirá agendas no México, país que tem aumentado o comércio de produtos agropecuários com o Brasil, abrindo uma janela de novas oportunidades.

Sobre a Expedição Safra

A Expedição Safra faz um levantamento técnico-jornalístico da produção de grãos da América do Sul à América do Norte. O projeto percorre 12 estados brasileiros nas etapas de plantio e colheita. Para ampliar a discussão sobre mercado, desde a temporada 2010/11 a equipe realiza roteiros extraordinários, com incursões à Alemanha, Holanda, Bélgica, França, China, Índia, Israel, Rússia e ao Canal do Panamá.

O projeto é uma iniciativa do Núcleo de Agronegócio Gazeta do Povo e é apresentada pelo Sistema Confea-Crea com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, Sementes e Fertilizantes Castrolanda, Agrotec, Alta, Solaris e ExpoLondrina. O apoio logístico é do Groupe Renault.

Serviço: Expedição Safra na Expo Londrina 2019

Data: 05/04

Horário: 8h30

Local: Auditório Milton Alcover – No Parque Governador Ney Braga

Endereço: Av. Tiradentes, 6275 – Londrina, PR.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]