i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Setor ferroviário

Novo Marco Legal das Ferrovias está pronto para ser votado no Senado

  • PorRedação
  • 11/01/2021 15:04
Governo quer atrair investimentos e valores agregados ao setor ferroviário
Governo quer atrair investimentos e valores agregados ao setor ferroviário| Foto: Beth Santos/Secretaria-Geral da PR

O Novo Marco Legal das Ferrovias (PLS 216/2018) está pronto para entrar em votação no Senado Federal e a votação deve ocorrer neste primeiro semestre. Tanto o senador Marcos Rogério (DEM-RO), que preside a Comissão de Infraestrutura da Casa, quanto o relator da proposta, senador Jean Paul Prates (PT-RN), garantem que não há mais obstáculos os parlamentares apreciarem o documento em plenário.

“Conversamos sobre desapropriações, decretos regulamentadores e concessões e/ou autorizações. O projeto está pronto para ser votado e esperamos avançar e atrair investimentos para o setor”, afirmou Prates.

Os senadores contaram que houver diálogos com todos os setores: operadores, fornecedores, prestadores de serviços, usuários e trabalhadores. Para Marcos Rogério, a proposta está redonda, tendo havido, inclusive, um alinhamento das ideias com o Governo Federal. "Não pode votar de forma aleatória, tem que apreciar num entendimento entre os atores do Parlamento e o governo."


Ele deu como exemplo o projeto que trata da regulamentação do Trip (Transporte Rodoviário Interestadual de Passageiros), quando houve uma boa mistura entre o que ele propunha e o que a União buscava.

No caso do Novo Marco Legal das Ferrovias, emendas poderão ser apresentadas para definir se haverá concessões ou autorizações. O tempo de outorga vai variar entre 25 e 99 anos.

Também ficou estabelecido que áreas próximas a terminais poderão ser desapropriadas, para que haja investimentos agregados que incentivem e atraiam investimentos e usuários.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 1 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • G

    Gabriel M.

    ± 0 minutos

    Um Brasil com uma malha ferroviária eficiente e abrangente é um Brasil que todos queremos ver.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso